Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Escolas estaduais podem receber 100% dos alunos a partir desta quinta

SRE recomenda que estudantes retornem às salas de aula, mas jovens podem optar por permanecer em casa, ainda em modelo hídrido, até o fim do ano letivo


Por Carolina Leonel

24/11/2021 às 17h49- Atualizada 24/11/2021 às 20h15

A retomada de 100% das atividades de forma presencial nas escolas da rede estadual de Juiz de Fora, a partir desta quinta-feira (25), não será obrigatória para os alunos este ano. Em conversa com a Tribuna, a superintendente regional de ensino, Dalva Rodrigues de Amorim, afirmou que “apesar de recomendado, o retorno não é obrigatório”. De acordo com ela, os pais ou responsáveis pelos estudantes podem comunicar a decisão às instituições de ensino. Para aqueles que optarem por finalizar o ano letivo de casa, a rede estadual continuará ofertando o Plano de Estudo Tutorado (PET), uma das ferramentas do regime de estudo não presencial, desenvolvida pela Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais.

Assim como as escolas particulares da cidade, a rede estadual de ensino optou por orientar a retomada das atividades totalmente presenciais após a medida ser liberada pela Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) na semana passada. A decisão, com caráter facultativo, entrou em vigor na quinta-feira (18), de acordo com nota técnica do Comitê de Acompanhamento Interinstitucional da Prefeitura. Ficou definido que as escolas que adotarem o modelo deverão seguir as orientações para manter o distanciamento mínimo de 1m entre as carteiras e 1,5m nas áreas de circulação e refeitórios.

O conteúdo continua após o anúncio

Na última terça-feira, a Superintendência Regional de Ensino informou que a retomada observa o protocolo estadual e o protocolo sanitário de retorno às atividades de ensino presencial no contexto da pandemia da Covid-19 na cidade. Segundo a Superintendência, as escolas estaduais do município, atendendo as orientações sanitárias e as normativas estaduais, estão preparadas para acolher os estudantes da rede. O órgão também ressaltou que as orientações específicas de cada turma serão dadas pelas equipes das escolas.

Procurada pela Tribuna, a Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) reforçou que, neste momento, qualquer retomada das atividades escolares com 100% de ocupação das salas de aula e demais espaços deverá ser facultativa e observar os protocolos definidos pelo Município. Conforme a Secretaria de Educação, a Prefeitura tem autonomia para definir os próprios critérios para o retorno 100% presencial e, nesse momento, julga prudente manter a retomada de forma facultativa. A pasta municipal informou, ainda, que qualquer situação de desrespeito às normas para evitar a contaminação e disseminação da Covid-19 pode ser denunciada por meio do número 3690-7984, que recebe mensagens 24 horas por dia.

Outras informações sobre o protocolo de retomada das aulas presenciais em Juiz de Fora podem ser acessada por meio deste link: https://www.pjf.mg.gov.br/secretarias/se/protocolo_aulas_presenciais.php

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia