Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / chuva / blogs e colunas / obituário / polícia

Tupi busca milagre contra o Atlético na decisão do Mineiro sub-20

Galinho Carijó precisa vencer por pelo menos quatro gols de diferença para conquistar o título estadual

Por Bruno Kaehler

04/10/2019 às 18h28

“Enquanto tivermos 1% de chance, vamos acreditar, e os atletas estão confiantes de buscar essa vitória histórica em BH.” Este é o pensamento que o técnico do Tupi sub-20, Wesley Assis, buscou introduzir nos atletas durante a semana, na preparação da partida de volta da decisão do Campeonato Mineiro da categoria contra o Atlético-MG, marcada para as 18h deste sábado (5). Com a derrota de 5 a 2 na ida, em Juiz de Fora, o Galinho Carijó terá que vencer por quatro gols de diferença para conquistar o título no Estádio das Alterosas, no Sesc Venda Nova, em Belo Horizonte.

O conteúdo continua após o anúncio

“A semana, primeiramente, foi de assimilar o resultado atípico do primeiro jogo, apesar da estrutura e da camisa da equipe adversária, e, em seguida, passar confiança aos atletas. Não é porque tomamos cinco gols que vamos deixar de jogar, de colocar nossa filosofia de jogo. Temos que acertar muitos detalhes em relação à concentração, bola parada, onde nosso time errou muito, e estamos conscientes disso. É uma semana de passar a importância de seguirmos unidos e buscar um jogo que, se não for pro título, que seja por nossa dignidade e por tudo o que fizemos na competição”, enfatiza o comandante alvinegro.

Lateral Pablo, camisa 19, é um dos atletas que foi para Portugal, mas retornou e deve estar em campo (Foto: Olavo Prazeres)

Para o confronto, Wesley deverá ter força máxima em campo, com os retornos do meio-campistas Izaías e Paraíba como opções na partida após suspensão. Um provável Tupi é formado por Davyd; Pablo, Matheus Mega, Pedro Romano e Jordan Kaíque; João Marcos (Izaías), Cleitinho e Gabriel Tchó Tchó; Max, Samuel Cazares e Neném.

Tópicos: tupi / tupi sub-20



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Desenvolvido por Grupo Emedia