Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Em 24 horas, Minas registra 1.629 casos e 34 mortes por Covid-19

Estado se aproxima dos 2,1 milhões de casos confirmados desde o início da pandemia


Por Tribuna

14/09/2021 às 13h13

Conforme o boletim epidemiológico divulgado pelo Estado de Minas Gerais nesta terça-feira (14), 1.629 pessoas testaram positivo para a Covid-19 em 24 horas. Durante o mesmo período, o estado também registrou 34 óbitos em razão de complicações da doença.

Com isso, Minas passa a ter 2.098.724 casos confirmados e 53.732 mortes pelo coronavírus desde o começo da pandemia. Conforme o informativo, 183.523 pacientes precisaram ser internados em hospitais mineiros para receber o tratamento contra a Covid-19, enquanto 1.901.609 realizaram apenas o isolamento domiciliar.

Em relação aos casos confirmados, 34.654 pessoas seguem em acompanhamento pelas unidades de saúde, e outras 2.010.338 já se recuperaram da doença.

O conteúdo continua após o anúncio

Vacinação

Minas já vacinou 14.096.917 pessoas com a primeira dose, 6.366.590 receberam a segunda dose e 481.665 tomaram o imunizante de dose única. O Ministério da Saúde enviou 26.652.454 doses das vacinas contra o coronavírus para o estado, que encaminhou 24.125.027 vacinas para os municípios.

Juiz de Fora

Nesta segunda-feira, a Prefeitura de Juiz de Fora informou que aplicou 400.980 primeiras doses, sendo 231.921 segundas doses ou doses únicas e 910 doses de reforço.

Nas últimas 24 horas, o município contabilizou 144 contaminações e 6 mortes pela Covid-19, totalizando 44.539 casos e 1.955 óbitos desde março de 2020.

Tópicos: coronavírus / vacina

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia