Tópicos em alta: eleições 2022 / coronavírus / vacina / polícia / obituário

PM e Bombeiros entram na Justiça para garantir o 13º

Governo divulga nesta sexta escala de pagamento de novembro


Por Tribuna

06/12/2018 às 19h17

A Associação dos Oficiais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais impetrou mandado de segurança preventivo para garantir o pagamento do 13º salário dos policiais e bombeiros militares. Conforme divulgou em nota, a associação pede na ação que sejam suspensos os pagamentos de todos os fornecedores do Estado de Minas Gerais até que os recursos para pagamento integral do 13º salário estejam garantidos e quitados até o dia 20 de dezembro. O mandado foi recebido pelo Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais (TJMG) no dia 27 de novembro. A falta de garantia sobre o pagamento tem gerado insatisfação entre a categoria.

A Associação Estadual dos Militares Mineiros, outra entidade que representa os bombeiros e policiais militares do Estado, alerta que a situação pode se agravar. Em nota, a entidade informou que “os militares têm cumprido suas escalas apenas como forma de não correr risco de punição disciplinar” e que, “se os policiais militares escalados para conter o crime contra o comércio natalino não tiverem respeitado seu direito de receber o 13° salário, é claro que não terão motivação para bem desempenhar seu papel, por mais profissionais que sejam”. A Tribuna tentou contato com o presidente da associação, o coronel Norberto Russo, mas não obteve retorno.

O conteúdo continua após o anúncio

Além destas categorias, também há indignação entre os demais servidores do Estado. Na manhã desta quinta-feira (6), os trabalhadores fizeram um apitaço, nos prédios da Cidade Administrativa, em Belo Horizonte. O intuito do ato foi manifestar repúdio contra o atraso de pagamento da folha de novembro. O diretor do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público do Estado de Minas Gerais (Sindpúblicos-MG), Geraldo Henrique, esclareceu que a manifestação foi espontânea e não partiu do sindicato.

Governo e sindicatos se reúnem nesta sexta

Segundo a assessoria da Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais (SEF/MG), na reunião marcada para esta sexta-feira (7) com representantes do governo e dos sindicatos dos servidores públicos, o órgão irá divulgar a escala de pagamentos da folha de novembro. Quanto ao pagamento do 13º, ainda não há definição, mas será um dos temas debatidos no encontro.

Os comentários nas postagens e os conteúdos dos colunistas não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir comentários que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia