Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

PJF antecipa calendário e vai vacinar todos os trabalhadores da educação

Profissionais cadastrados poderão receber as doses durante esta semana, de acordo com a faixa etária, até a próxima segunda; serão contemplados todos os níveis da educação


Por Tribuna

15/06/2021 às 15h06

A Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) antecipou o calendário de vacinação contra a Covid-19 para trabalhadores da educação. A partir desta quarta-feira (16) serão vacinados, por idade, todos os profissionais da área já cadastrados. Até então, a imunização estava restrita aos trabalhadores com mais de 50 anos. A expectativa da Prefeitura é de que, até a próxima segunda-feira (21), todos os profissionais da educação recebam a primeira dose do imunizante no município. A vacinação acontece no Sport Club Juiz de Fora, das 8h às 16h, e nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) dos bairros de Lourdes, Benfica, Centro Sul, Nossa Senhora Aparecida, Nossa Senhora das Graças, Santa Luzia, São Pedro e Vila Ideal, das 8h às 11h.

Conforme o calendário, nesta quarta-feira (16) poderão se vacinar todos os profissionais da educação com idades entre 45 a 54 anos. Na quinta (17), é a vez dos trabalhadores de 40 a 44 anos. Já na sexta (18), quem tem entre 35 e 39 anos poderá buscar a imunização.

No sábado (19), trabalhadores da educação com idades entre 30 e 34 anos serão vacinados no drive-thru da UFJF, entre 9h e 16h, ou no Departamento de Saúde do Idoso, das 8h às 12h. E na segunda-feira (21), último dia de vacinação do grupo, serão vacinados aqueles com idades entre 18 e 29 anos – também no Sport Club ou em uma das oito unidades de saúde.

De acordo com Prefeitura, a imunização é direcionada a todos os trabalhadores da educação na ativa, ou seja, tanto para os profissionais, como professores, secretário escolar, diretores, quanto para a rede de apoio da educação infantil, como trabalhadores da cantina, limpeza e segurança.

Nesta segunda-feira (14), a Tribuna publicou reportagem em que mostra que a Prefeitura de Juiz de Fora ainda não trabalha com datas para retomada das aulas presenciais no município.

Orientações

O conteúdo continua após o anúncio

Para receber a dose, o profissional deverá ter se cadastrado no site da PJF. Para se vacinar, os trabalhadores da educação deverão comprovar o vínculo com a instituição de ensino, apresentando o contracheque ou a carteira assinada. Também será preciso levar os documentos de identificação com foto, originais e cópias (CPF e identidade), o cadastro impresso, além do comprovante de residência. Caso o comprovante não esteja no nome, é necessário uma declaração por escrito do titular da residência, confirmando que a pessoa reside no local.

Conforme estima a Secretaria de Saúde, o grupo de trabalhadores da educação – englobando educação infantil, ensino médio, superior e técnico – possui cerca de 14 mil pessoas.

Calendário de vacinação contra Covid-19 dos trabalhadores da educação:

Quarta-feira (16): 45 a 54 anos
Quinta-feira (17): 40 a 44 anos
Sexta-feira (18): 35 a 39 anos
Sábado (19): 30 a 34 anos
Segunda-feira (21): 18 a 29 anos

Confira os endereços dos locais de vacinação:

Sport Club Juiz de Fora
Avenida Barão do Rio Branco 1.303, Centro

Departamento de Saúde do Idoso: somente no sábado, das 8h às 12h
Rua Batista de Oliveira 943, Granbery

Drive-thru da UFJF: somente no sábado, das 9h às 16h

-UBS Bairro de Lourdes – Rua Inácio Gama 813
-UBS Benfica – Rua Guararapes 106
-UBS Centro Sul – Avenida Rio Branco 3.132
-UBS Nossa Senhora Aparecida – Rua Nossa Senhora Aparecida 775
-UBS Nossa Senhora das Graças – Rua Queluz 72
-UBS Santa Luzia – Rua Torreões s/nº
-UBS São Pedro – Rua João Lourenço Kelmer 1.433
-UBS Vila Ideal – Avenida Francisco Valadares 1.910

Tópicos: coronavírus / vacina

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia