Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / lockdown / vacina / polícia / obituário

Ante cenário de desemprego, Ampar lança plataforma de recrutamento

PUBLIEDITORIAL

Site amparempregos.com.br entrou no ar neste domingo, 31; Associação oferece, ainda, capacitação em quaisquer áreas


Por Ampar/Cimpar Zona da Mata

01/02/2021 às 07h00

Ante cenário de desemprego, Ampar lança plataforma de recrutamento
Portal amparempregos.com.br reúne pessoas físicas e jurídicas com amplo leque de vagas para todos os interesses (Foto: Divulgação)

Ante cenário de desemprego, Ampar lança plataforma de recrutamentoAnte cenário de desemprego, Ampar lança plataforma de recrutamentoUm dos maiores desafios das gestões municipais será lidar com o desemprego, que atingiu, em 2020, um contingente de 13,8 milhões de pessoas somente no Brasil. O aumento da preocupante estatística ocorre em meio à pandemia do coronavírus, que tem impactado fortemente a economia e o mercado de trabalho. Mas há várias causas para o desemprego. Entre elas, a falta de profissionais qualificados em determinados setores. Vale destacar que o Brasil encerrou o ano de 2020 com um contingente de 13,8 milhões de desempregados espalhados pelos diversos municípios. Isso significa que estamos nos referindo a um indivíduo que se encontra em uma idade economicamente ativa – acima de 14 anos -, a procura por uma ocupação remunerada, mas sem encontrá-la.

Neste contexto, é fato que o jeito de as pessoas buscarem por trabalho mudou, assim como a forma de as empresas divulgarem suas vagas. A tecnologia é a principal responsável por essa transformação e para combater o desemprego, sendo fundamental estar conectado para diminuir a lacuna que existe entre patrões e colaboradores aptos a conquistarem uma oportunidade. Para atenuar essa distância na hora de promover o “match do emprego”, a Associação dos Municípios da Microrregião do Vale Paraibuna lançou, nessa sexta-feira (29), a Ampar Empregos.

A plataforma www.amparempregos.com.br, ofertada pelas prefeituras, reúne pessoas físicas e jurídicas das mais de 30 cidades associadas, sendo um instrumento importante na hora de recrutar novos trabalhadores.

“A tecnologia tem sido essencial por conta da eficiência e rapidez na hora de receber os currículos e a aumentar as chances de admissão. Ao fazer essa divulgação, as empresas realizam o cadastro no site e, por meio de palavras-chaves, é possível identificar o profissional ideal para aquela vaga e vice-versa”, comentou o presidente da Ampar/Cimpar Zona da Mata, Paulo Neves. Uma assistente social fará corpo a corpo com os empregadores cadastrados, assim como orientar os interessados na detecção de boas oportunidades, formando um tripé entre Poder Público, empregador e futuro empregado.

Os cadastrados contam, ainda, com um leque bem amplo de vagas. Desta forma, pessoas que moram numa determinada cidade terão acesso a vagas disponíveis em outros municípios e podem se inscrever conforme o perfil, salário e interesse. O JF Empregos, por exemplo, passou a integrar o portal da Ampar/Cimpar Zona da Mata e, atualmente já acumula mais de 2 milhões de acessos e mais de 100 mil vagas disponíveis. A plataforma foi criada para que o gestor municipal possa oferecer um sistema eficiente à população com baixo custo de investimento.

Exigência de profissionais qualificados

Ante cenário de desemprego, Ampar lança plataforma de recrutamento
Ampar/Cimpar Zona da Mata também oferece cursos de capacitação e seminários, como no registro antes da pandemia, de acordo com demandas dos municípios (Foto: Divulgação)

O mercado de trabalho vem se tornando mais especializado e isso gera exigências diferentes. Para se manter em um trabalho ou conquistar um emprego é preciso se qualificar. Por isso, a Ampar/Cimpar Zona da Mata oferece cursos de capacitação conforme as demandas dos municípios.

“Como todos outros projetos, funciona para reduzir custos. Se as cidades não possuírem mão de obra qualificada, a Ampar/Cimpar Zona da Mata qualifica estes profissionais. Sejam relativas a demandas existentes, ou, ainda, àqueles que estão por vir”, reforçou Paulo Neves lembrando que a entidade já ofertou capacitação desde procurador a árbitro de futebol.

“Um excelente exemplo é se precisar capacitar pessoal para o SUS, é muito mais viável trazer dois técnicos capacitados do que mandar diversos servidores para Belo Horizonte ou Brasília”, finalizou.

A Ampar/Cimpar Zona da Mata já realizou diversos cursos de capacitação, palestras, seminários, tudo de acordo com a necessidade dos municípios.

Para ser um associado acessewww.ampar-mg.org/como-se-associar/

Leia também: Serviços essenciais para o desenvolvimento das cidades são ofertados a baixos custos



Desenvolvido por Grupo Emedia