Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / chuva / blogs e colunas / obituário / polícia

Juiz-forano é relacionado por Sampaoli para jogo do Atlético-MG na Série A

Volante Wesley Hudson, filho de ex-Tupi, pode ter sua primeira chance entre os profissionais diante do Athletico-PR nesta quarta-feira

Por Bruno Kaehler

18/11/2020 às 13h59- Atualizada 19/11/2020 às 10h48

O volante juiz-forano Wesley Hudson foi relacionado pela primeira vez para uma partida profissional pelo Atlético-MG, seu clube atual. O atleta do Bairro Bela Aurora, Zona Sul da cidade, pode fazer sua estreia no time principal do Galo de BH em duelo das 19h desta quarta-feira, contra o Athletico-PR, no Mineirão, partida atrasada da 6ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

 

Ver essa foto no Instagram

 

O conteúdo continua após o anúncio

Uma publicação compartilhada por W.Hudson️️🇧🇷 (@wesley_hudson00)

Wesley, 20 anos, tem sido destaque alvinegro no sub-20 e despertou a atenção do ídolo Reinaldo, além, é claro, do treinador argentino Jorge Sampaoli, que não estará na área técnica por ter contraído o coronavírus, mas o convocou para a lista de relacionados do duelo, já concentrado.

O jovem talento juiz-forano, que assinou contrato com o Atlético-MG por três temporadas, tem o futebol no sangue, filho de José Luiz Thomaz da Silva, mais conhecido como Zé Luiz, ex-lateral-esquerdo do Tupi da década de 1970. Pelas categorias de base, Wesley Hudson passou pelo Sport, Tupynambás, Bonsucesso, Futebol UFJF, Uberabinha e pelo Tupi sub-20, tendo participado da campanha de destaque no Campeonato Mineiro, até se transferir para o time da capital, onde se sagrou campeão estadual da categoria justamente em cima do Carijó.

Wesley vestiu a camisa do Tupi por quase duas temporadas antes de ser transferido para o Atlético-MG (Foto: Junior Ayupe/Tupi FC)

Tópicos: tupi / tupi sub-20



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Desenvolvido por Grupo Emedia