Tópicos em alta: eleições 2018 / chuva / polícia

Pinturas mudam rotina e trazem alegria e esperança para comunidades

Com engajamento e participação de várias gerações, moradores de Dom Bosco e São Mateus se unem para pintar as ruas com imagens relacionadas à Copa

Por Bruno Kaehler

13/06/2018 às 07h00

A preocupação com o cenário político e econômico brasileiro existe, mas não impede que juiz-foranos se unam em torno do clima de Copa do Mundo. A alegria foi e ainda é perceptível nas imagens, por exemplo, de ruas do Bairro Dom Bosco e do São Mateus, na Zona Sul do município. Na última semana de maio, o Grupo DOM, formado por moradores da área conhecida como Chapadão do Dom Bosco, que busca promover a inclusão social através da cultura, iniciou a pintura de quatro vias em parceria com o Projeto Vivart.

Stepherson Cancino faz pintura no chão na Rua Carlos Monteiro, em São Mateus (Foto: Olavo Prazeres)

Oitenta moradores, comerciantes, associações do bairro e o Projeto Vivart se uniram na arrecadação de bandeiras, tintas, ferramentas e outros materiais e coloriram as ruas Manoel Lopes Silva, Gustavo Dodt, Silvério da Silveira e João Beghelli no último dia 2. De acordo com os representantes do Grupo DOM, Gleison Martins (assistente social), Edmar Cassimiro (professor de Educação Física), Lason Francisquini (artesão) e Samuel Fernandes (fotógrafo), o “intuito da iniciativa com o Chapadão na Copa era apenas fomentar a união da comunidade, o que aconteceu. Os moradores se prontificaram a ajudar e ter uma perspectiva diferente sobre o futuro da nossa comunidade. Alimentamos, assim, a esperança nos corações de todos e mostramos que a comunidade é forte.”

O conteúdo continua após o anúncio

A qualidade nos desenhos também é um dos principais temas na Rua Carlos Monteiro, no Bairro São Mateus. A iniciativa, contudo, partiu de duas pessoas. Nathan de Oliveira, 26 anos, e o primo Stepherson Cancino, 22, conseguiram arrecadar dinheiro e materiais dos vizinhos da via para iniciar os trabalhos há pouco mais de uma semana. Além da taça da Copa, do mascote e da bandeira brasileira, a dupla pintou um Goku, personagem principal do desenho Dragon Ball, com vestimentas em verde e amarelo.

chaoadao chapadao chapadao-4 chapadao-5 chapadao-6
<
>
Com o tema Chapadão na Copa, moradores, comerciantes, associações do Dom Bosco e o Projeto Vivart se uniram e coloriram as ruas do bairro no último dia 2

“Estamos fazendo por hobbie mesmo. Os nossos vizinhos da rua nos ajudaram. Olhamos no Google, pegamos uma imagem que achamos legal, faço o desenho a mão livre olhando o celular, e o Stepherson vai pintando. Fazemos isso em todos os desenhos. São quatro até agora e pretendemos fazer mais dois. Estamos pensando em fazer a caricatura do Gabriel Jesus (atacante da Seleção)”, conta Nathan.

Mesmo com só uma semana de atividades, o retorno surpreendeu a dupla. “Muitas pessoas falam que estão gostando e até nos passam sugestões dos próximos desenhos. Até na rua de trás já pediram para a gente fazer! No momento atendemos esses símbolos da Copa, mas deixamos à mão livre, o que quiserem tentamos fazer, mas com nosso diferencial, como a imagem do Goku, em que colocamos a roupa do Brasil”, destaca Stepherson.
Apesar do maior desânimo inicial da vizinhança, a alegria reina em cada traço de tinta. “De problemas estamos cheios, então temos que pensar pelo lado positivo também e estamos tentando animar a galera. Está sendo um tipo de motivação para todos e até as crianças, que são muitas aqui na rua e às vezes querem pintar também”, conta Stepherson.

Tópicos:

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail





Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia