Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Por “desgaste”, Tupi demite treinador e preparador físico do sub-20

Tiago Longo e Raimundo de Jesus deixam o Galinho após derrota de 3 a 0 para o Santarritense no Mineiro da categoria


Por Bruno Kaehler

07/06/2021 às 15h02- Atualizada 07/06/2021 às 18h57

Tiago Longo comandou o Tupi sub-20 em cinco partidas, com uma vitória e quatro derrotas (Foto: Reprodução)

O técnico Tiago Longo e o preparador físico Raimundo de Jesus não trabalham mais no Tupi sub-20. A decisão foi divulgada pelo clube no perfil do Instagram e confirmada pelo gerente da base e vice-presidente financeiro do Alvinegro, Tiago Ferreira, à Tribuna. As saídas, conforme o diretor, são consequências, sobretudo, da falta de resultados da equipe.

“A decisão foi por desgaste em função dos resultados desde a Copa do Brasil até o Mineiro, em que não conseguimos ter uma sequência positiva. Só tivemos a vitória contra a Inter de Limeira”, explica Tiago Ferreira. À reportagem, o dirigente garantiu, ainda, que irá anunciar os substitutos até esta terça-feira (8).

O conteúdo continua após o anúncio

O Tupi foi eliminado para o Internacional nas oitavas de final da Copa do Brasil sub-20 com duas goleadas sofridas. As duas partidas foram as primeiras de Tiago Longo no comando do Galinho, já que ele havia sido escolhido para substituir o então treinador Wandercley Silva. Em seguida, o Alvinegro de Santa Terezinha estreou com vitória no Mineiro sub-20 – 2 a 0 sobre a Inter de Limeira. Folgou na segunda rodada e acumulou derrotas para Coimbra, fora, e Santarritense, a última, no sábado (5), no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, por 3 a 0.

O Tupi ocupa apenas a terceira colocação do grupo B com 3 pontos. O líder é o Coimbra, com 9, com o Santarritense em segundo, detentor de 7 pontos. O próximo compromisso do Galinho ocorre neste sábado (12), em Belo Horizonte, contra o Minas Boca, às 15h.

Tópicos: tupi / tupi sub-20

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Desenvolvido por Grupo Emedia