Tópicos em alta: sarampo / CPI dos ônibus / polícia / bolsonaro / reforma da previdência

JF Celtics inaugura núcleo social de basquete na Escola Estadual Clorindo Burnier

Jovens atletas doam 33 bolas durante desafio promovido pela NBA Basketball School em unidades do projeto

Por Bruno Kaehler

03/05/2019 às 19h23

Atletas do JF Celtics no desafio da NBA Basketball School doaram bolas usadas para o novo núcleo da Escola Estadual Clorindo Burnier (Foto: Divulgação)

Trinta e três bolas, com um nome diferente em cada uma, serão destaque neste sábado (4) a partir das 11h, quando o JF Celtics inaugura núcleo social de basquete na Escola Estadual Clorindo Burnier, no Bairro Barbosa Lage. No desafio proposto pela NBA Basketball School às unidades no país, a equipe juiz-forana – uma destas parceiras – foi além no quesito solidariedade: foi pedido aos participantes que doassem uma bola usada, cada um, com seu nome escrito, para o novo projeto, que vai beneficiar jovens entre 8 e 14 anos da Zona Norte.

O conteúdo continua após o anúncio

O coordenador da equipe, Alexandre William, explicou a ideia, satisfeito com o resultado. “A nossa preocupação, mesmo conseguindo licença da NBA, é não perder o caráter social do projeto. Eles entenderam que precisam repassar para outros que têm menos oportunidades. Bolamos essa doação para mostrar que é importante receber e dar oportunidades a outras pessoas também. Unimos essa doação ao programa da NBA.”

A ação da NBA Basketball School envolveu atividades com os alunos das 20 instituições licenciadas no Brasil em cada sede em formato de competição. O atleta vencedor vai para a Casa da NBA, em São Paulo, acompanhar as finais do basquete americano. No JF Celtics, o pivô de 18 anos, cinco deles no projeto, Leonardo Lima Serrão, explicou a proposta. “O desafio é dividido em quatro etapas. As duas primeiras já foram realizadas aqui e as outras duas serão em São Paulo. A primeira foi surpresa, de arremessos contra o tempo, e a segunda um quiz de perguntas e respostas sobre NBA e regras de basquete, além de um desafio de habilidade. Tudo passado pela NBA”, explicou William. Mais informações sobre o projeto podem ser obtidas pelo telefone (32) 3217-4777.

Tópicos: basquete

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia