Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / chuva / blogs e colunas / obituário / polícia

Muro cede e atinge garagem de prédio com seis famílias no Santa Cecília

Moradores foram orientados a deixar os imóveis, preventivamente, durante a madrugada

Por Michele Meireles

13/02/2020 às 10h16- Atualizada 13/02/2020 às 14h07

A Defesa Civil registrou somente uma ocorrência mais grave em Juiz de Fora, no Bairro Santa Cecília, Zona Sul de cidade, onde um muro de divisa cedeu e atingiu a garagem de um prédio onde vivem seis famílias, todas orientadas a deixar os imóveis preventivamente. A ocorrência foi na Rua José Narciso Neto 59, por volta das 23h30 de quarta-feira (12). O muro desmoronou, e os escombros caíram em parte da garagem, atingindo a sacada de um dos apartamentos, quebrando um vidro lateral. Ninguém ficou ferido. Os moradores relataram que escutaram um forte barulho e, em seguida, a estrutura caiu. Eles conseguiram retirar os carros da garagem.

Defesa Civil esteve no local na manhã desta quinta (13) e autorizou que moradores voltassem para as suas residências (Foto: Michele Meireles)

Jaqueline Souza é moradora do prédio há cerca de 16 anos. Segundo ela, nunca ocorreu nada parecido. Seu apartamento, no primeiro andar, foi o único atingido. Ela dormia com o marido no quarto onde fica a sacada atingida pelos escombros.

“Quando começaram os barulhos, imaginei que fosse ladrão. Logo em seguida, começaram os estalos e caiu tudo. Imaginei que o prédio estava caindo, e eu, meu marido e filhos saímos correndo e descemos pela garagem. Quando chegamos aqui em baixo, vimos o estrago. Foi Deus, não ter acontecido nada com a gente”, disse. A moradora ainda informou que só irá retornar quando os escombros forem retirados.

.

O conteúdo continua após o anúncio

LEIA MAIS

Ana Paula Yacaoub também mora no prédio há 16 anos. Ela estava em casa com o marido e dois filhos quando o muro caiu. “Também pensei que o prédio estava caindo. Todo mundo desceu para ver o que estava acontecendo. Quando chegamos aqui, foi um susto, já vimos tudo caído”, disse.

Mário Rubens mora no prédio ao lado do que foi atingido, ele também saiu de casa. “Nunca teve nada assim aqui. A princípio, pensei que fosse algum acidente na rua e fui olhar, não tinha nada. Quando vim aqui em baixo, já havia caído mais da metade do muro. Ficamos muito assustados”, comentou.

A Defesa Civil esteve no local na manhã desta quinta (13) e autorizou que moradores voltassem para as suas residências, já que a estrutura do prédio não foi atingida. “Estruturalmente não tem problema. Vamos interditar a garagem e a parte dos fundos, pois há risco de o muro cair mais e alertamos que restabeleça a drenagem de toda essa água pluvial que desce do telhado”, disse o subsecretário da Defesa Civil de Juiz de Fora, Jefferson Rodrigues.

Tópicos: chuva



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Desenvolvido por Grupo Emedia