Tópicos em alta: cartas a jf / sergio moro / dengue / polícia

5 lugares para tomar drinques no verão

Confira diferentes estabelecimentos em Juiz de Fora para se refrescar com bebidas especiais

Por Júlia Pessôa

04/01/2019 às 07h00

Embora a cervejinha gelada seja um clássico de verão, cada vez mais os bares e estabelecimentos do tipo estão investindo em cartas de drinques e atraindo o público que busca por bebidinhas diferentes. Em Juiz de Fora, casas de diferentes perfis, preços e públicos têm feito esta aposta. Para você ter opções variadas para seus brindes de verão, separamos cinco destes lugares. Confira.

Bacco

O Bacco é um gastrobar que pode ter ares de restaurante se a ideia é tomar uns drinques para abrir o apetite para um rango bacana, mas também pode ser um pub para happy hour ou uma noite de drinques (dica: se a opção for essa, escolha uma mesa da varanda para entrar no clima). A carta de drinques, além de clássicos, tem cinco exclusividades da casa. Um dos destaques é o Sparkling Coconut, uma repaginada da água de coco com vodca, porém feito com água de coco gaseificada e um toque cítrico/amarguinho de bitter de laranja. Além deste, há versões feitas com Jack Daniels, frutas variadas e diferentes bases de drinques, boa pedida para quem gosta de degustar bebidas diferentonas.

Avenida Itamar Franco 1850, São Mateus
3249-1860

 

Churrasqueira(s)

Recentemente, a Churrasqueira reformulou sua carta de drinques, acrescentando novidades às opções clássicas como caipis e martinis. Na sede do São Mateus, as caipis de vários sabores são a boa pedida, e como outra opção refrescante para o verão há o original Bossa Nova, feito de cachaça sete engenhos, mate, tangerina, limão e espumante de gengibre. Já no Alto dos Passos (opte pela mesa no varandão para curtir a vibe de verão), a carta é mais extensa, com vários coquetéis refrescantes à base de rum, frutas frescas, flores e especiarias. Um dos destaques é o Tiki uai, mix de rum, cítricos e especiarias, inspirado nas culturas tiki (da Polinésia e Havaí), mineira e carioca.

Rua Dom Viçoso 11, Alto dos Passos
3218-0707

Rua Padre Café 73 – São Mateus
3232-2113

Danke

O conteúdo continua após o anúncio

Se a ideia é esticar para uma baladinha e tomar um algo diferente, a Danke é uma boa para este combo. No menu que tem diversas opções clássicas, há também exclusividades da casa, como o Coquetel do Ruivo, feito à base de maracujá, suco de limão, xarope de alecrim e cardamomo cranberry e gim, assinado por Thiago Carminate; e o Trainspotting Coquetel, de autoria de Henrique Passos Miguel, que elaborou a carta especial.

Rua José Barbosa de Albuquerque 140
99969-1229

 

São Bartolomeu

As cervejas artesanais e as caipis de diversos sabores (servidas na famosa jarra) do Bartô são sucesso consolidado no Baixo São Mateus e adjacências, mas a casa tem outras bebidas que têm tudo para conquistar o coração e o paladar dos drinqueiros. Uma das boas pedidas para o verão é o Xeque Mate, bem refrescante, feito à base de mate, rum e xarope de guaraná e limão, bem na pegada do carioquíssimo mate com limão das praias cariocas.

Rua São Mateus 41, São Mateus
3025-5867

 

Vizú

Inspirada na baixa coquetelaria, a carta do Vizú usa como base bebidas de baixo custo e um pouco esquecidas, como o Cynar e o Vermuth, além de cachaças. Atualmente há mais de 12 opções no cardápio, entre caipirinhas e caipvodcas feitas com frutas das estações e uma excelente criação do charmosérrimo bar: a opção e o “monte o seu gim”, em que o cliente escolhe especiarias e ingredientes como limão, laranja, alecrim, cardamomo, pimenta-rosa, zimbro e cravo (entre outras) para acrescentar à base de gim tônica. O Moscow Mule da casa também está entre os mais pedidos, feito com gengibre, limão e vodka. A novidade do verão é o Lôco de Coco, drinque geladíssimo feito de canelinha (aperitivo alcoólico de gengibre com canela), limão e o Red Bull Summer Edition (que mistura açaí e coco).

Rua Morais e Castro 835 e 837, São Mateus

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia