Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / chuva / blogs e colunas / obituário / polícia

Na ida das quartas, Tupi e Coimbra empatam em 2 a 2

Mesmo à frente do placar em duas oportunidades, Carijó, por fim, com um homem a menos, cede empate em Contagem (MG) no Mineiro sub-20

Por Gabriel Ferreira Borges

24/08/2019 às 13h54- Atualizada 26/08/2019 às 13h34

Em agitado embate no Centro de Treinamento Flavio Pentagna Guimarães, em Contagem, Tupi e Coimbra abriram, neste sábado (24), as quartas de final do Campeonato Mineiro sub-20, com o marcador em 2 a 2. À frente do placar por duas oportunidades, o Carijó, já com um jogador a menos, não assegurou a vantagem. Entretanto, no próximo sábado (31), no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, novo empate, por qualquer número de gols, assegura a classificação do time de Santa Terezinha para a semifinal, uma vez que teve melhor campanha na fase classificatória.

Tupi-Coimbra-Divulgação
Junto a Betis, Coimbra, Uberlândia e Villa Nova, Tupi briga por uma única vaga na Copa São Paulo de Futebol Júnior 2020 (Foto: Tupi FC/Divulgação)

Aos 25 minutos, o Tupi inaugurou o marcador do confronto após infelicidade do capitão adversário, Vinicius Henrique. Em saída de bola depois de infração no ataque carijó, Gabriel Tchó Tchó apertou o beque no bico da grande área. Vinicius Henrique, ao tentar espanar a jogada, acertou o corpo do meia alvinegro. Atento, Tchó Tchó acompanhou a bola, que voltou em direção à linha de fundo, e cruzou rasteiro, na primeira trave, para Pedro Lolote marcar.

LEIA MAIS: Tupi inicia quartas de final do Mineiro sub-20 neste sábado

Já no segundo tempo, aos 7, os mandantes igualaram o embate. Em cobrança de escanteio, Vinicius Henrique, redimindo-se do erro, subiu, sozinho, na marca da cal, entre Lolote e Octávio, testando contra o gol. Aos 12, entretanto, o Carijó colocou água no chope do Coimbra, em nova falha de Vinicius Henrique. Em ataque pela direita, Samuel Cazares recebeu em profundidade, mas o beque adversário, na cobertura, chegou antes. Tentando, novamente, afastar o perigo, chutou a bola em cima de Cazares, que voltou contra o próprio gol, encobrindo o goleiro Pedro Henrique; Gabriel Tchó Tchó teve o trabalho de apenas empurrá-la, de cabeça, para o fundo das redes.

O conteúdo continua após o anúncio

Aos 18, contudo, o lateral-esquerdo carijó Matheus Nascimento, após chegada atrasada em Pablo, foi expulso ao ser advertido com o segundo cartão amarelo. Aos 30, veio o castigo. Em construção de ataque pela esquerda, na divisória da grande área, a bola resvalou na mão de Felipe Alvarenga, e a juíza Andreza Helena de Siqueira assinalou a discutível penalidade máxima. Na cobrança, Rafael deslocou Davyd para encerrar a movimentação no marcador.

Copa São Paulo
O Campeonato Mineiro sub-20 classifica uma equipe à Copa São Paulo de Futebol Júnior 2020. Apesar de Minas Gerais ter quatro vagas, três são ocupadas por América, Atlético e Cruzeiro como convidados. Naturalmente, o posto restante é disputado pelas equipes interioranas. Nesta edição, além do Carijó, brigam para disputar a competição Betis, Coimbra, Uberlândia e Villa Nova.

‘Gostinho de quero mais’

Em entrevista pós-jogo ao Portal da Base Brasil, o técnico do Tupi, Wesley Assis, ressaltou o bom rendimento de seus comandados dentro da estratégia trabalhada ao decorrer da última semana. “Foi um jogo digno de quartas de final. Uma das nossas estratégias era tentar roubar a bola que, por exemplo, originou o primeiro gol, provando, mais uma vez, que nada substitui o trabalho. Os meninos compraram a ideia. Entenderam que uma, duas bolas rebateriam, e, na terceira, roubariam a posse, o que aconteceu”, explica.

Apesar de destacar a satisfação com a luta e a entrega dos jogadores, Wesley mostra o descontentamento com a atuação da arbitragem. “Muito confusa, com inversão de faltas e lances duvidosos. Mas isso é do futebol. Sabemos que temos que passar por cima destas dificuldades. Saímos satisfeitos, mas com o gostinho de quero mais, por termos tido a oportunidade de ter vencido hoje. Temos, agora, outra batalha. Pezinho no chão. Não nos classificamos ainda. Temos que respeitar o Coimbra, que é uma ótima equipe, muito bem treinada pelo Cristóvão (Abreu)”, afirma.

‘Desencantei’
Autor do primeiro gol carijó, Pedro Lolote também lamentou o empate cedido ao Coimbra. “Saímos com o empate, não muito satisfeitos, porque poderíamos ter saído com a vitória. Graças a Deus, pude contribuir com o gol. Desencantei. Fazia tempo que não tinha esse ar de ajudar o grupo. Agora, temos que focar no próximo jogo. Vamos jogar em casa. Quero que a torcida compareça para nos apoiar e sairmos classificados. O Tupi é grande e, a gente, também.”

Tópicos: tupi



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Desenvolvido por Grupo Emedia