Tópicos em alta: tiroteio entre polícias / polícia / enem 2018

Segundo colocado assume título de Mister JF após primeiro ser deposto

Polícia Civil continua investigando denúncia de agressões feita por ex-namorada do antigo detentor do posto

Por Sandra Zanella

10/07/2018 às 15h53- Atualizada 10/07/2018 às 19h06

A organização do Mister JF informou que o segundo colocado no concurso de beleza assumiu o título. Desta forma, o concorrente Felipe Zancanela, 27 anos, passa a representar a cidade no Mister Minas Gerais CNB (Concurso Nacional de Beleza) 2019. A informação foi confirmada na noite de segunda-feira (9) pelo coordenador da competição, Diley Almeida. A mudança aconteceu após o jovem ganhador, 22, ter sido deposto diante da repercussão das denúncias da ex-namorada dele, 25, nas redes sociais. A médica afirmou em sua página no Facebook ter sido constantemente agredida pelo rapaz durante os três anos de relacionamento.

Na tarde de segunda, a vítima compareceu à Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher e prestou depoimento à delegada Ione Barbosa, que instaurou inquérito. Como o casal já está separado há cerca de oito meses, a materialidade da violência deverá ser comprovada por corpo de delito indireto, por meio da ficha médica de atendimento. Também já foram requeridas medidas protetivas para a denunciante.

O conteúdo continua após o anúncio

Ainda na segunda, a médica postou uma nota pública em sua página agradecendo a repercussão causada diante da iniciativa dela em divulgar “as agressões físicas e psicológicas sofridas” durante o namoro. Ela garantiu que vai levar o caso adiante: “Permaneço firme e decidida a promover, por intermédio de advogado, todas as providências indispensáveis diante das autoridades policiais, Ministério Público e Poder Judiciário, objetivando a firme e exemplar responsabilização do autor pela prática de seus desprezíveis atos de inominada violência e covardia. Acredito que a Justiça prevalecerá.”

Procurado pela Tribuna desde a semana passada, o jovem denunciado não atendeu a ligação e não respondeu às mensagens por meio do aplicativo WhatsApp e pelo Facebook. O coordenador do Mister JF enfatizou que o investigado não foi destituído pela denúncia, já que o crime ainda está sob apuração, mas pelo envolvimento em um caso de repercussão. Pelas regras, segundo ele, o candidato precisa ter boa conduta moral e não pode se envolver em escândalo.

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia