Tópicos em alta: polícia / campeonato mineiro / suzano / bolsonaro

Professora de Ubá está entre as vítimas do massacre de Suzano

A informação foi confirmada pela prefeitura da cidade mineira, que se manifestou por meio de nota e lamentou o ocorrido

Por Vivia Lima

13/03/2019 às 20h23- Atualizada 14/03/2019 às 17h08

Marilena era coordenadora pedagógica. Prefeitura se colocou à disposição da família, que mora em Ubá (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Marilena Ferreira Vieira Umezu, de 59 anos, natural de Ubá e coordenadora pedagógica, está entre as vítimas do tiroteio, ocorrido na manhã desta quarta-feira (13), em uma escola estadual na cidade de Suzano (SP). A informação foi confirmada pela prefeitura da cidade mineira, que se manifestou por meio de nota e lamentou o ocorrido. “A comunidade ubaense se associa à dor de todos os que, num misto de perplexidade e solidariedade humana, foram atingidos direta e indiretamente pela tragédia ocorrida na manhã de hoje na Escola Pública Raul Brasil”.

O conteúdo continua após o anúncio

O texto assinado pelo prefeito Edson Teixeira Filho destaca que a comunidade está abalada com o episódio e se coloca à disposição para ajudar os parentes da vítima, que residem na cidade,”nesse momento de tamanha dor”. “A Prefeitura disponibilizou ainda motorista e veículo para o transporte de familiares para o sepultamento e demais homenagens em Suzano”, diz a nota.

O ataque deixou dez mortos, incluindo os dois atiradores que se suicidaram, e 11 feridos. Autores do massacre, Luiz Henrique de Castro tinha 25 anos e um adolescente, 17, identificado como Guilherme Taucci Monteiro. Entre os mortos, além de Marilena, há cinco alunos, uma outra funcionária da escola e um funcionário de uma locadora de veículos, que seria tio de uma dos atiradores. Uma das vítimas fatais chegou ao Hospital das Clínicas Luzia de Pinho Melo, em Mogi das Cruzes, já em óbito. Outra faleceu no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP).

Tópicos: suzano

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia