Quadrilha rouba caminhão na BR-267

Dois suspeitos foram presos pela PM. Houve disparos na abordagem à vítima e durante perseguição policial

Por Michele Meireles

12/07/2018 às 10h02 - Atualizada 12/07/2018 às 15h57

Uma quadrilha armada roubou um caminhão após montar uma emboscada, na noite de quarta-feira (11), na BR-267, altura do município de Bom Jardim de Minas, distante cerca de 100 quilômetros de Juiz de Fora. Os bandidos atiraram contra o veículo e ainda fizeram de refém o motorista, que transportava uma carga avaliada em mais de R$ 150 mil. Dois dos assaltantes acabaram presos por policiais militares de Juiz de Fora. Tiros foram disparados durante a perseguição policial. Ousados, os bandidos ainda usaram o celular roubado da vítima para fazer vídeos comemorando o roubo. A outra parte do bando, formado por pelo menos seis indivíduos, ainda não foi encontrada.

De acordo com informações do Registro de Eventos de Defesa Social (Reds), o condutor relatou ter sido surpreendido pelos assaltantes, todos eles portando armas longas, quando estava próximo a entrada de Bom Jardim de Minas. Ele afirmou que o bando atravessou um carro na pista. Havia ainda um segundo automóvel dando cobertura à ação criminosa. Quando o condutor se aproximou do bloqueio, segundo a PM, os ladrões começaram a efetuar disparos em direção ao caminhão e para o alto.

O homem disse aos militares que arremessou o caminhão em direção ao grupo e prosseguiu na rodovia. No entanto, conforme o documento policial, alguns quilômetros a frente os bandidos alcançaram o caminhão, atiraram novamente, e o condutor então parou.

Neste momento, três ladrões entraram na cabine e renderam o trabalhador, que vinha de Cândido Rondon (PR) carregado com cobertura para pizzas. Ele foi amarrado e um dos criminosos assumiu a direção. O caminhoneiro disse aos militares que foi solto alguns quilômetros a frente, em meio a um matagal e ainda amarrado. Ele conseguiu se soltar e seguiu para a rodovia, onde encontrou com uma viatura da PM de Bom Jardim de Minas.

PM monta bloqueio na rodovia e atira contra caminhão em fuga

PM recuperou parte do dinheiro roubado após surpreender parte do bando

Os militares que resgataram a vítima avisaram a outros policiais sobre o ocorrido, e guarnições de outras cidades, incluindo Juiz de Fora, se mobilizaram para capturar a quadrilha e recuperar o caminhão. De acordo com o tenente Luis Fernando dos Reis, comandante da Companhia de Policia Militar de Andrelândia, o uso do aplicativo WhatsApp ajudou na rapidez com que a informação do roubo foi repassada. “O grupo Divisa Segura, formado apenas por policiais, foi o responsável por vários locais e policiais interagindo quanto ao fato ao mesmo tempo. Foi muito útil”, afirmou.

O conteúdo continua após o anúncio

Conforme o Reds, uma equipe da 173ª Companhia, responsável pelo policiamento na Zona Norte de Juiz de Fora, montou uma operação de cerco e bloqueio próximo ao KM 960 da BR-267, rodovia que faz entroncamento com a BR-040 no município. Alguns minutos após chegarem no ponto, por volta de 22h40, os militares avistaram o veículo roubado se aproximando em alta velocidade.

O documento policial aponta que os criminosos ignoraram as ordens de parada, e arremessaram o caminhão contra o bloqueio policial. Eles continuaram a fuga pelo acostamento da via. Os policiais começaram a perseguir o veículo roubado que, segundo a PM, seguiu forçando a ultrapassagem dos veículos que transitavam pela BR-267.
Em seguida, eles furaram um segundo bloqueio feito pela corporação e seguiram pela rodovia fazendo “zig-zag” no intuito de não deixar que as viaturas se aproximassem. O registro policial afirma, ainda, que por várias vezes o caminhão quase veio a colidir com carros de passeio. Segundo o Reds, “diante do risco iminente de acidente, foram realizados disparos em direção aos pneus para cessar a fuga”. Depois disso, os ladrões pararam no acostamento. A PM informou que nenhum disparo atingiu o caminhão.

Criminosos fazem vídeo comemorando roubo

Durante a abordagem policiais, apenas dois suspeitos, de 24 e 25 anos, estavam dentro da cabine do caminhão roubado. Eles foram retirados do veículo e presos em flagrantes pelo crime de roubo. Foram apreendidos com eles R$ 384 em espécie, uma cédula de um dólar, uma cédula de dois mil guaranis (moeda paraguaia) e um celular. Também foram localizados o celular do motorista e um cheque de R$ 1 mil em nome de uma empresa. Segundo a PM, os presos usaram o celular da vítima para gravar vídeos e tirar fotos comemorando o roubo. No momento da prisão, um deles vestia uma blusa do caminhoneiro. Ambos foram ouvidos na delegacia e encaminhados ao Ceresp.

O indivíduo que conduzia o caminhão disse aos militares que é de Matias Barbosa. Ele afirmou ter sido convidado por um cidadão para “fazer uma ‘fita’, que o serviço seria guiar um caminhão”. Este indivíduo e outro homem, ainda não identificado, teriam buscado o suspeito de carro no viaduto de Matias e seguido para a BR-267. O outro suspeito disse ter sido chamado por uma terceira pessoa a buscar o caminhão, ele não quis dizer quem seria este comparsa.

A dupla foi levada para a delegacia de Santa Terezinha para prestar esclarecimentos. Os carros usados no crime ainda não foram encontrados, assim como os outros integrantes do bando. A Polícia Civil deve apurar o ocorrido.

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail





Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia