Tópicos em alta: eleições 2018 / chuva / polícia

Saiba quais são os presidenciáveis mais buscados no Google

Página específica para as eleições 2018 aponta quais candidatos, temas e perguntas são mais comuns no sistema de busca da internet

Por Gracielle Nocelli

13/09/2018 às 16h52 - Atualizada 13/09/2018 às 17h11

O Google Trends, ferramenta do Google que aponta tendências e gráficos com base nas buscas dos usuários na internet, criou um espaço específico para as eleições 2018. A plataforma mostra quais são as principais pesquisas realizadas pelos brasileiros relativos ao tema, o que inclui os candidatos e os assuntos mais buscados na plataforma em determinado intervalo de tempo e, também, as perguntas mais comuns feitas pelos eleitores. Para acessar a página, basta clicar no link.

Nos últimos sete dias, entre 6 e 12 de setembro, intervalo que coincidiu com o episódio de agressão de Jair Bolsonaro (PSL) em Juiz de Fora, o nome do candidato cresceu no sistema de busca do Google. Neste período, 86% das pesquisas pelos presidenciáveis foram endereçadas ao deputado. Em seguida aparecem Ciro Gomes (PDT) com 6%; Fernando Haddad (PT) com 4%; Marina Silva (Rede), Geraldo Alckmin (PSDB), João Amoedo (Novo) e Álvaro Dias (Podemos) com 1%. Os demais candidatos não atingiram este percentual.

A plataforma também permite explorar quais palavras-chave foram associadas aos nomes dos candidatos durante a busca. Por exemplo, quem procurou informações sobre Bolsonaro pesquisou “Jornal Nacional”, “na Globo” e “Globo News”, por exemplo. As buscas por Ciro Gomes foram com relação a termos como “propostas”, “Kátia Abreu” e “SPC”. Já Haddad é relacionado às expressões “Lula”, “Manuela” e “debate”. Marina Silva foi associada às palavras “Facebook”, “propostas” e “presidente”. As buscas pelo nome de Alckmin foram feitas em conjunto com termos “propostas”, “processos” e “vice”. João Amoêdo, por sua vez, é associado aos itens “propostas”, “patrimônio” e “Itaú”. Já Álvaro Dias teve o nome pesquisado com o de outros candidatos como ” Cabo Daciolo”, “Bolsonaro” e “Henrique Meirelles”.

Em Minas Gerais, os nomes de candidatos mais procurados foram Amoêdo, Bolsonaro, João Goulart Filho (PPL), Guilherme Boulos (PSOL), José Maria Eymael (PSDC), Fernando Haddad, Cabo Daciolo (Patriota), Marina, Alckmin, Álvaro Dias, Henrique Meirelles e Ciro Gomes.

O conteúdo continua após o anúncio

Dúvidas

Na lista de perguntas feitas pelos brasileiros ao Google, a dúvida mais comum foi “Como anular o voto?”. Em seguida aparecem questões que também mostram a pretensão dos eleitores de não participarem do pleito: “Como justificar o voto?” e “O que acontece se eu não votar?”. Por fim, a população busca respostas para “Em quem votar em 2018?” e “O que é democracia?”

Os assuntos mais procurados pelos brasileiros foram “pesquisa eleitoral Vox Populi”, “pesquisa eleitoral senador RJ”, “data do segundo turno das eleições 2018”, “Datafolha pesquisa presidencial”, e “que dia é a eleição 2018”. A ferramenta também oferece dados sobre em quais regiões estes temas foram mais buscados. Minas Gerais está entre os três estados do país que mais se interessaram sobre quatro destes temas. A exceção é a pesquisa Datafolha em que o público mineiro aparece na sétima posição da lista.

24 horas

Com relação aos tópicos mais pesquisados nas últimas 24 horas, a plataforma aponta saúde, educação, emprego, impostos e crime, respectivamente. De acordo com o Google Trends, os eleitores de Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Pernambuco, Sergipe, Rondônia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul priorizaram informações sobre saúde. Já os moradores de Acre, Amazonas, Roraima, Pará, Amapá, Maranhão, Tocantins, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Alagoas e Bahia fizeram um número maior de buscas referentes à educação.

Tópicos: eleições 2018

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail





Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia