Tópicos em alta: eleições 2022 / coronavírus / vacina / polícia / obituário

Técnico do JF Vôlei vê recuperação passar por resiliência na Superliga B

Daniel Schimitz comemora retomada de confiança após triunfo de mais de três horas sobre o Vôlei Futuro; juiz-foranos têm “nova decisão” neste sábado


Por Bruno Kaehler

14/02/2022 às 16h32- Atualizada 14/02/2022 às 17h40

Após amargar duas derrotas consecutivas na Superliga B, o JF Vôlei voltou a se encontrar com a vitória no último sábado (12). Em partida da 4ª rodada da divisão de acesso à elite nacional, os juiz-foranos bateram o Vôlei Futuro por 3 sets a 2 (22/25, 25/23, 29/27, 18/25 e 23/21) e deixaram a lanterna na tabela. Conforme o treinador Daniel Schimitz, o triunfo passou sobretudo pelas respostas dos comandados durante os momentos de adversidade no confronto marcado também por durar mais de três horas.

“Mostrou o tamanho da resiliência desse grupo. Claro que nas duas últimas derrotas os adversários tiveram méritos, mas me causaram estranheza também porque não tivemos a postura da estreia, em que essa resiliência foi uma marca. Agora houve uma recuperação de confiança, eles precisam acreditar sempre que podem fazer o que desejam”, realçou o treinador.

Para Daniel, os side outs e a conduta nos momentos derradeiros dos parciais também merecem destaque. “A equipe se comportou muito bem na partida. Taticamente, dentro da proposta da comissão técnica, todos trabalharam muito duro. Os atletas se empenharam demais e conseguimos anular algumas ações dos adversários e também corrigir erros que vínhamos cometendo nas últimas rodadas. Melhoramos a virada de bola, um fator fundamental pro resultado, e o time foi muito firme no jogo, como em momentos finais dos sets, porque as duas últimas derrotas assombraram a gente nesse sentido também, de sofrer nos pontos decisivos.”

O conteúdo continua após o anúncio

No duelo, o JF Vôlei atuou com o levantador Luís Rodrigues, o oposto Edwuin, os ponteiros Thiago e Jardel, além dos centrais Gabriel e Abenildes, com Mococa de líbero. Ao longo da partida, entraram Índio, Bryan, André e Gregolim.

A vitória no tie-break levou os juiz-foranos aos 4 pontos, deixando a lanterna, mas ainda em penúltimo lugar. O próximo compromisso da equipe de Daniel Schimitz é no sábado (19), contra o Suzano Vôlei (SP), fora de casa, às 18h. “Na minha opinião, é a melhor equipe do campeonato e eles também vêm de vitória após duas derrotas. Nós precisamos ir para esse jogo confiantes, pensando exclusivamente em vencer. É repetir o que tem dado certo e não negociar com eles o resultado”, avalia o treinador. O Suzano tem 7 pontos e ocupa a 4ª colocação na tabela.

 

Tópicos: jf vôlei / superliga b

Os comentários nas postagens e os conteúdos dos colunistas não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir comentários que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia