Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / chuva / blogs e colunas / obituário / polícia

Terceira fase do FGTS injeta R$ 585 milhões em Minas

Para atender os trabalhadores nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro, correntistas da Caixa, as agências abriram uma hora mais cedo apenas nesta quarta

Por Sandra Zanella

09/10/2019 às 18h25

A terceira etapa do pagamento de até R$ 500 por conta ativa ou inativa do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) começou nesta quarta-feira (9). Para atender os trabalhadores nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro, que são clientes da Caixa Econômica Federal, as agências do banco abriram as portas uma hora mais cedo apenas nesta quarta. Os valores foram depositados automaticamente nas contas poupança abertas até 24 de julho de 2019. Só em Minas Gerais, o benefício atinge 1,51 milhão de pessoas, injetando R$ 585,66 milhões na economia, conforme informações da assessoria da Caixa. Desta vez, o banco não divulgou os dados relacionados a Juiz de Fora.

O cronograma de pagamento segue até o dia 30 de março de 2020, atendendo clientes e não correntistas da Caixa, conforme as datas de nascimento. Para aqueles que não possuem vínculos com a instituição financeira, as retiradas estarão disponíveis a partir do dia 18 deste mês. Os saques de até R$ 100 poderão ser realizados em casas lotéricas, mediante apresentação de documento de identidade original com foto e número do CPF. Beneficiados com Cartão Cidadão e senha poderão resgatar o valor nos terminais de autoatendimento, em unidades lotéricas ou correspondentes Caixa Aqui. Já os trabalhadores que não tiverem o cartão, devem procurar uma agência da Caixa.

A primeira fase de liberação do FGTS ocorreu em 13 de setembro, quando foram contemplados os trabalhadores e clientes com aniversários em janeiro, fevereiro, março e abril. Na ocasião, 44 mil juiz-foranos puderam resgatar os valores, representando R$ 17 milhões a mais na economia da cidade. Já a segunda etapa ocorreu no dia 27 de setembro, beneficiando no município mais 44 mil trabalhadores e clientes da Caixa nascidos em maio, junho, julho e agosto. Naquela fase, também foram movimentados R$ 17 milhões em Juiz de Fora.

O conteúdo continua após o anúncio

Quem não quiser receber o crédito automático poderá solicitar o cancelamento por meio do aplicativo FGTS, site da Caixa www.fgts.caixa.gov.br, Internet Banking Caixa ou telefone 0800 724 2019. Caso o valor já tenha sido depositado, poderá registrar a opção até o dia 30 de abril de 2020, também por meio destes canais ou presencialmente na agência. “Neste caso, a Caixa tem até 60 dias para retornar os valores creditados automaticamente para a conta vinculada de FGTS, sem ônus ao trabalhador”, alerta a assessoria.

Para saber o valor disponível para saque é só acessar o site da Caixa e informar os números do CPF, de Identificação Social (NIS), do Programa de Integração Social (PIS) ou do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), além da data de aniversário.

 



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Desenvolvido por Grupo Emedia