Tópicos em alta: eleições 2022 / coronavírus / vacina / polícia / obituário

Moinho ativa espaço de inovação e incentivo à sustentabilidade

Projeto Moinho Lab quer desenvolver e fortalecer negócios e startups que tenham o objetivo de gerar impacto socioambiental


Por Tribuna

05/05/2022 às 09h48

Foto: Marcio Brigatto

O Moinho ativa, nesta quinta-feira (5), o Moinho Lab, seu “hub” de inovação – um espaço voltado para desenvolver e fortalecer negócios e startups, cujas atividades dialogam com um dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU). O projeto quer buscar conexões com empresas e organizações e estimular o protagonismo, a convivência e a colaboração para gerar impactos positivos para a sociedade. O evento, voltado para lideranças empresariais e governamentais da cidade, vai contar com a participação do diretor-executivo da Rede Brasil do Pacto Global da ONU, Carlo Pereira, que vai ministrar a palestra “Desafios e Oportunidades da Agenda ESG” (sigla em inglês para Ambiental, Social e Governança). O tema, conforme o Moinho, tem impulsionado, além de debate, ações concretas das empresas, em todo o mundo, na direção de práticas sustentáveis de produção e consumo, com respeito ao meio ambiente, às pessoas e à vida em sociedade.

O conteúdo continua após o anúncio

O Moinho Lab pretende ser uma iniciativa idealizada para criar e desenvolver negócios que tenham o objetivo de gerar impacto socioambiental e resultado financeiro positivos de forma sustentável, com a perspectiva de fazer de Juiz de Fora um laboratório para testar e validar soluções inovadoras que podem ser exportadas para outras cidades do Brasil, afirma o gestor do Hub de Inovação, Arthur Avelar. “Queremos estimular a melhoria da qualidade de vida do território, apoiando, como espaço criativo e inspirador, o protagonismo de todos os agentes comprometidos com a transformação social”, cita.

Moinho Lab

O Moinho Lab compreende todo o 5º andar do Moinho, batizado de Espaço Conectar, do qual integram auditório, áreas anexas de convivência, salas multiuso e área de expansão. Também é composto pelo 8º andar do prédio destinado à educação – que abriga um coworking e o hub de impacto socioambiental, no qual residem, atualmente, nove startups das áreas de saúde, educação e cidades.

Os comentários nas postagens e os conteúdos dos colunistas não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir comentários que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia