Tópicos em alta: polícia / CPI dos ônibus / bolsonaro

Veja como fazer boas escolhas para a Páscoa

Pesquise preços e verifique validade, qualidade, peso e forma de pagamento de cada produto

Por Tribuna

13/04/2019 às 16h20

Na próxima semana, iniciam-se as festividades da Semana Santa, que mesmo sendo uma data religiosa, acaba agregando valor comercial devido à venda de produtos típicos, como pescados e chocolate. Assim como ocorre todos os anos, muitos consumidores acabam deixando as compras para dias mais próximos à Sexta-feira da Paixão, celebrada no dia 19 neste ano. A prática, no entanto, requer atenção quanto aos valores cobrados pelo estabelecimentos, pois tendem a estarem mais elevados. Além disso, deve-se verificar as formas de pagamento, a qualidade e a quantidade dos produtos presente nas embalagens. Para isso, vale fazer uma pesquisa nos estabelecimentos especializados.

Outra prática muito comum nesta época é a opção de se parcelar, em até dez vezes, a compra dos ovos de chocolate. Contudo, a Agência de Proteção e Defesa do Consumidor de Juiz de Fora (Procon/JF), orienta os consumidores a darem preferência às compras com pagamento à vista. O órgão explica que as compras de ovos de Páscoa de forma parcelada, como qualquer outro produto, têm suas vantagens e desvantagens. Um dos pontos positivos é a possibilidade de aquisição de bens, que só seria possível realizando o parcelamento, com a finalidade de conseguir saldar todas as contas assumidas no final do mês. Entretanto, para o parcelamento, o consumidor deve ter em mente o planejamento de gastos para não comprometer os futuros gastos que poderão ser essenciais.

O conteúdo continua após o anúncio

O consumidor ainda deve, conforme o Procon, ter conhecimento sobre taxas ou juros embutidos, que podem aumentar o preço do produto ao final do pagamento. Outro ponto importante é considerar a possibilidade de diferenciação de preços quanto ao pagamento no dinheiro, no cartão de débito ou no cartão de crédito. “Desde que mantida a qualidade do produto, não há vantagem ou desvantagem sendo o produto perecível ou não”, destaca a agência.

Prevenindo acidentes com embalagens

O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) atenta para as embalagens dos ovos de Páscoa. Tiras, barbantes, grampos, sacos plásticos, cordões ou arames, elementos frequentemente usados nesse tipo de produto, podem causar acidentes com crianças pequenas, como sufocamento e engasgamento.Todo e qualquer acidente, independentemente de sua gravidade, deve ser reportado ao órgão por meio do Sistema Inmetro de Monitoramento de Acidentes de Consumo (Sinmac). Os registros de acidentes de consumo auxiliam o Inmetro a identificar os produtos e serviços que mais oferecem riscos ao consumidor e ao usuário e que estão presentes no mercado brasileiro e, com isso, desenvolver ações com o objetivo de reduzi-los.

Produtos-Páscoa

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia