Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Boletim registra mais dois óbitos por Covid-19 em Juiz de Fora

O número de casos suspeitos da doença chegou a 96.078, com as 187 novas notificações recebidas


Por Renan Ribeiro

22/07/2021 às 20h36

O Município de Juiz de Fora tem 1.854 vítimas fatais de Covid-19, com os dois óbitos incluídos no boletim epidemiológico da Prefeitura atualizado nesta quinta-feira (22). O número de casos suspeitos da doença chegou a 96.078, com as 187 notificações recebidas nas últimas 24 horas. No mesmo período, foram confirmados 171 diagnósticos, chegando ao total de 40.505.

O óbito mais recente ocorreu nesta quarta-feira (21), é de uma mulher de 42 anos, que não tinha comorbidades relatadas. A segunda vítima fatal faleceu no sábado (17), um homem de 57 anos, que tinha como comorbidades doença cardíaca crônica, obesidade e doença arterial coronariana. As comorbidades, além da idade, conforme as autoridades, são fatores de risco para que a Covid-19 se agrave.

Conforme já esclareceu a Secretaria de Saúde, no boletim epidemiológico são divulgadas todas as doenças prévias da vítima, não somente as comorbidades associadas ao agravamento da Covid-19.

O conteúdo continua após o anúncio

Todos os dados são referentes a moradores de Juiz de Fora. O balanço é disponibilizado pela Prefeitura no site covid19.pjf.mg.gov.br

De acordo com o informativo, foram aplicadas 9.905 doses da vacina ao longo desta quinta, sendo 4.358 primeiras doses, 5.122 segundas doses e 425 doses únicas do imunizante da Janssen. Ao todo, o município já aplicou 440.984 vacinas.

Hospitalizações

Um total de 174 pessoas permanecem hospitalizadas com Covid-19 em Juiz de Fora, de acordo com a atualização do boletim de leitos feita às 18h39. São 104 pacientes em leitos de enfermaria Covid e 70 pessoas em Unidades de Tratamento Intensivo (Covid). A taxa de ocupação de leitos de UTI SUS Covid era de 30,95%. Nas enfermarias SUS Covid, a hospitalização era de 31,67%. Nos leitos gerais de UTI, que abrangem as vagas disponibilizadas para tratamento de coronavírus e também de outras enfermidades, a ocupação era de 59,31%, nas UTIs gerais do SUS, de 55,81%, e nas UTIs gerais de hospitais privados, de 67,89%.

Tópicos: coronavírus

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia