Tópicos em alta: cartas a jf / onça-pintada / dengue / polícia

Funcionários da UPA São Pedro deflagram greve

Os funcionários da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) São Pedro deflagraram greve nesta segunda-feira (14). Eles estão sem receber o salário referente ao mês trabalhado de novembro, que deveria ter sido pago no quinto dia último de dezembro. Dos 200 funcionários, cerca de 70 estão atuando, atendendo casos de urgência e emergência, que correspondem às […]

Por Tribuna

14/12/2015 às 17h21

Os funcionários da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) São Pedro deflagraram greve nesta segunda-feira (14). Eles estão sem receber o salário referente ao mês trabalhado de novembro, que deveria ter sido pago no quinto dia último de dezembro. Dos 200 funcionários, cerca de 70 estão atuando, atendendo casos de urgência e emergência, que correspondem às cores laranja e vermelha do Protocolo de Manchester. Nesta terça-feira (15), haverá uma assembleia no Sindicato dos Médicos para definir uma escala de 30% do atendimento. A UPA São Pedro é gerida pela Fundação de Apoio ao Hospital Universitário (Fundação HU).

O conteúdo continua após o anúncio

A greve dos colaboradores do Hospital Universitário (HU) da UFJF, vinculados à Fundação HU, também está mantida. Eles estão sem receber o pagamento de dezembro e a primeira parcela do 13º salário. São cerca de 220 trabalhadores afetados.

Em nota, a Fundação HU informou que já fez contato com as instâncias para regularizar o pagamento dos colaboradores do HU e UPA São Pedro, e todas as instituições envolvidas estão trabalhando em conjunto para resolver a situação. “Quanto às manifestações e greve, a FHU considera a iniciativa dos trabalhadores legítima e respeita o movimento de classe. Na UPA São Pedro, durante a greve e quadro reduzido de profissionais, a Unidade realizará somente atendimentos de urgência e emergência. Reforçamos ainda que a segurança e qualidade da assistência ao usuário serão mantidas na unidade”, ressaltou a nota.

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia