Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Homem é preso depois de atirar acidentalmente em namorada durante festa

Caso ocorreu no Bairro Santa Efigênia, Zona Sul de Juiz de Fora; mulher de 26 anos foi atingida no rosto e foi internada no HPS


Por Tribuna

13/09/2021 às 11h25

Um homem de 33 anos foi preso depois de ter baleado sua namorada acidentalmente durante uma festa. Conforme a Polícia Militar, ele foi flagrado com a arma de fogo e confessou o crime, registrado no domingo (12) como lesão corporal.

Segundo a PM, os militares foram acionados pouco antes das 6h30, na Rua Antônio da Rocha Lima, no Bairro Santa Efigênia, Zona Sul de Juiz de Fora, para verificação de uma denúncia que dizia que uma mulher estaria pedindo socorro.

O conteúdo continua após o anúncio

No local, eles encontraram a mulher, 26, toda ensanguentada e sentada na calçada da via na companhia de um homem, também sujo de sangue. Conforme a PM, ambos aparentavam estarem embriagados, e disseram aos policiais que estavam em uma festa e que não se recordavam do que havia acontecido. Os dois afirmaram apenas que ouviram um barulho de disparo de arma de fogo, e a mulher percebeu que foi atingida.

Os policiais fizeram buscas pessoais e localizaram com o homem um revólver calibre 32. Ele disse à polícia que disparou a arma acidentalmente e atingiu sua namorada. A mulher foi atingida na face, perto do nariz. Ela foi levada para o Hospital de Pronto Socorro (HPS), onde permaneceu internada. O homem foi encaminhado para a delegacia. A Polícia Civil vai apurar o caso.

Tópicos: polícia

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia