Tópicos em alta: outubro rosa / top of mind 2019 / sarampo / CPI dos ônibus / polícia

Setores de comércio e de transformação contribuindo para o crescimento

Por Gustavo Luz Coutinho

03/09/2019 às 07h05 - Atualizada 03/09/2019 às 07h09

De acordo com os últimos dados disponibilizados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), no mês de julho deste ano, Minas Gerais foi o segundo estado que mais criou novos postos de trabalho em todo o Brasil, com participação de 12,11% de todos os 2,6 milhões de empregos criados. Somente na Zona da Mata, 24 mil pessoas foram empregadas em diversos setores e em diversas cidades, sendo que Juiz de Fora se mostrou aquela que mais cresceu em toda a região.

Neste município, 9.013 novos empregos foram gerados, sendo os setores de comércio, reparação de novos veículos e motocicletas os mais representativos (27%), seguidos por indústria de transformação (12,3%) e atividades administrativas e complementares (11,9%) – aqueles que mais contrataram. Em comparação com julho de 2018, Juiz de Fora gerou 5,11% empregos a mais. Em toda a Zona da Mata, os setores de comércio e de transformação conjuntamente foram responsáveis por 46% de todas as admissões no mês passado e, analisando meses anteriores, esses setores também apresentaram crescimento desde abril.

O conteúdo continua após o anúncio

Para o crescimento do setor comercial, a organização das empresas atuantes aparece como causa do consequente aumento. Eventos realizados como o Super Encontro Varejista (Sevar) e a Convenção Estadual da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Minas Gerais (FCDL) tem por objetivo estimular o crescimento, avaliar de forma crítica e construtiva os passos tomados e definir metas futuras para o setor. O setor de transformação, de acordo com os dados do portal Econodata, é representado por 6164 empresas somente em Juiz de Fora, número este que vem crescendo nos últimos meses, demonstrando sua capacidade de expansão e abrangência.

De modo geral, Minas Gerais, diferentemente de alguns outros estados brasileiros, e principalmente a Zona da Mata, apresentou um comportamento positivo de crescimento nos últimos meses de 2019, sendo propiciado pelo número crescente de agentes atuantes no mercado e pela organização que cada setor apresentou. A prospecção é de que este desempenho gere frutos positivos para o estado de forma a dinamizar a sua economia com vistas a uma retomada consistente do crescimento.

E-mail: [email protected]

Conjuntura e Mercados

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia