Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / vacina / chuva / polícia / obituário

Inscrições para o FIES são prorrogadas

O MEC prorrogou as inscrições para o FIES até esta sexta! Se você ainda não se inscreveu, saiba como aqui!

Por Caderno Educação

02/03/2018 às 11h45- Atualizada 02/03/2018 às 11h51

Se você ainda não se inscreveu para o FIES ainda dá tempo! Você tem somente até às 23h59 de hoje, 2, para concorrer a uma das 310 mil vagas oferecidas pelo programa para o primeiro semestre de 2018.

As inscrições do FIES tiveram início no dia 19 de fevereiro, e, segundo o Ministério da Educação (MEC), a prorrogação do prazo foi para garantir que os candidatos que não finalizaram a inscrição concluam o processo a tempo. Até esta quarta-feira, 28, 387.488 inscrições já haviam sido foram concluídas, e cerca de outras 400 mil estavam em fase de preenchimento no sistema do programa.

As inscrições no FIES estão sendo realizadas exclusivamente pela internet. A expectativa é que os resultados sejam divulgados no dia 5 de março. Fique ligado!

Descubra a faculdade certa para você em 3 minutos

Quem pode participar do FIES?

Para se inscrever no Fies, o candidato deve

– ter feito uma das edições do Enem a partir de 2010

– ter média igual ou superior a 450 pontos

– não ter zerado a redação

Como se inscrever no FIES

1° Passo: Inscrição no Sistema de Seleção do Fies (Fies Seleção)

  • Acesse o Sistema de Seleção do Fies, http://fiesselecao.mec.gov.br/, e informe os dados solicitados. No primeiro acesso, o estudante informará seu número de Cadastro de Pessoa Física (CPF), sua data de nascimento, um endereço de e-mail válido e cadastrará uma senha que será utilizada sempre que o estudante acessar o Sistema. Após informar os dados solicitados, o estudante receberá uma mensagem no endereço de e-mail informado para validação do seu cadastro. A partir daí, o estudante terá acesso ao Fies Seleção e fará sua inscrição informando seus dados pessoais, do seu curso e instituição.

2° Passo: Inscrição no SisFIES

  • O estudante pré–selecionado deverá acessar o SisFIES e efetivar sua inscrição, em até cinco dias corridos a contar da divulgação de sua pré–seleção, informando os dados de financiamento a ser contratado.

3º Passo: Validação das informações

O conteúdo continua após o anúncio
  • Após concluir sua inscrição no SisFIES, o estudante deverá validar suas informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA), em sua instituição de ensino, em até dez dias contados a partir do dia imediatamente posterior ao da conclusão da sua inscrição. A CPSA é o órgão responsável, na instituição de ensino, pela validação das informações prestadas pelo candidato no ato da inscrição.

4º Passo: Contratação do financiamento

  • Após a validação das informações, o estudante, e se for o caso, seu(s) fiador(es) deverão comparecer a um agente financeiro do Fies em até 10 dez dias, contados a partir do terceiro dia útil imediatamente subsequente à data da validação da inscrição pela CPSA, para formalizar a contratação do financiamento.
  • No ato da inscrição no SisFIES, o estudante escolherá a instituição bancária, assim como a agência de sua preferência, sendo o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal os atuais Agentes Financeiros do Programa.

 

Atenção! Os prazos para a validação da documentação junto à CPSA e para comparecimento à instituição bancária começam a contar a partir da conclusão da inscrição no no SisFIES e da validação da inscrição na CPSA, respectivamente, e não serão interrompidos nos finais de semana ou feriados.

No ano passado, o MEC mudou as regras para o Fies. Uma das principais novidades é a oferta de 100 mil vagas a juro zero para estudantes mais carentes. O novo FIES é um modelo de financiamento estudantil moderno, que divide o programa em três diferentes modalidades.

Na primeira, o novo FIES oferecerá vagas com juros zero para os estudantes que  tiverem uma renda per capita mensal familiar de até três salários mínimos. Nessa modalidade, o aluno começará a pagar as prestações respeitando o seu limite de renda, fazendo com que os encargos a serem pagos pelos estudantes diminuam consideravelmente.

As outras modalidades de financiamento são para estudantes com renda familiar de até cinco salários mínimos. Elas funcionarão com recursos dos Fundos Constitucionais e de Desenvolvimento. Atualmente, a taxa de juros é fixa em 6,5% ao ano. Para tirar as dúvidas dos estudantes, o MEC preparou um site sobre as novas regras do financiamento estudantil:  fies.mec.gov.br.

Como saber qual instituição de ensino aceita o FIES

Siga os passos abaixo:

  1. Acesse o site do FIES.
  2. Em “UF”, selecione o Estado desejado.
  3. No campo “Município”, escolha a sua cidade.
  4. No campo “Instituição”, aparecerá a lista das universidades daquele município que aceitam o FIES. Selecione a instituição desejada.
  5. Em “Local de Oferta”,  escolha o endereço e clique em “pesquisar”.
  6. Aparecerá uma lista dos cursos disponíveis nesta instituição de ensino.

Já conhece o programa Tô de Bolsa?

Para garantir ainda mais a realização do sonho em cursar o ensino superior, é possível recorrer a outros tipos de financiamentos estudantis, que oferecem mensalidades com preços bastante acessíveis até o final da graduação, em instituições de ensino de alta credibilidade.

Um dos exemplos desse tipo de programa é o Tô de Bolsa. Ele oferta descontos de até 60% nas mensalidades durante todo o curso. A pré matrícula realizada no site do Tô de Bolsa te isenta do valor da matrícula na instituição, ou seja, você não paga nada além por esse benefício. Quer saber mais? Confira aqui!

 

 



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Desenvolvido por Grupo Emedia