Tópicos em alta: eleições 2022 / coronavírus / vacina / polícia / obituário

Bombeiros encontram corpo de homem afogado no município de São Tiago

Indivíduo de 47 anos estava desaparecido desde a tarde de sexta-feira e foi encontrado no Rio das Mortes


Por Tribuna

20/06/2022 às 15h48

O Corpo de Bombeiros de São João del-Rei encontrou o corpo de um homem de 47 anos que se afogou no Rio das Mortes, na zona rural do município de São Tiago, distante 200 quilômetros de Juiz de Fora. A localização aconteceu na tarde de domingo (19), após dois dias de buscas pela vítima, que desapareceu na sexta-feira (17). Segundo os bombeiros, o rapaz nadava com um cunhado quando teria se sentido mal e afundado nas águas.

O caso aconteceu em um povoado conhecido como Estação de Nazareno, em São Tiago. A vítima foi encontrada a cerca de 7,5 metros de profundidade, a cinco metros da margem do rio, nas proximidades de onde as testemunhas narraram o afundamento do rapaz. De acordo com os bombeiros, o trecho tem uma correnteza forte, o que dificultou o trabalho da equipe de buscas. Dois pescadores que moram na localidade apoiaram os militares com embarcações e na orientação nos pontos de busca.

O conteúdo continua após o anúncio

Ainda conforme os bombeiros, a vítima, que sabia nadar, estava pescando e nadando num local com águas mais calmas, quando acabou chegando ao trecho de correnteza forte sem perceber. O homem é natural da cidade de Alfredo Vasconcelos.

A perícia da Polícia Civil compareceu ao local e liberou o corpo para o serviço funerário.

Os comentários nas postagens e os conteúdos dos colunistas não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir comentários que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia