Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / chuva / blogs e colunas / obituário / polícia

Mais de cem mil ainda precisam fazer biometria em JF

Prazo vence em 6 de março e não há informações sobre nova prorrogação

Por Gracielle Nocelli

27/02/2020 às 07h01- Atualizada 27/02/2020 às 14h28

A poucos dias para o fim do prazo do recadastramento biométrico, 112.721 eleitores juiz-foranos ainda não compareceram aos postos de atendimento para realizarem o procedimento, que é obrigatório para a votação nas eleições municipais deste ano. Embora a procura tenha se intensificado nas últimas semanas, o que provocou longas filas nas unidades, o público atendido corresponde a 72,3% do total esperado, em dados de sábado (22). Após o recesso de Carnaval, que seguiu até quarta-feira (26), quem ainda não realizou a biometria deve redobrar a atenção para conseguir fazê-la até o dia 6 de março, data final para a regularização da situação junto à Justiça Eleitoral.

A chefe do cartório eleitoral de Juiz de Fora, Vilma Sinotti, estima que o público atendido ao final do prazo chegará a 80% do universo de mais de 400 mil eleitores da cidade. “Esta tem sido a média alcançada pelos municípios que já passaram pelo prazo da biometria. Então, de certa forma, estamos dentro do esperado.” Ela informa que o trabalho, interrompido durante o recesso de Carnaval, será retomado nesta quinta-feira (27).

As unidades localizadas no Shopping Jardim Norte e na Central de Atendimento ao Eleitor (Avenida Presidente Itamar Franco) irão funcionar das 10h às 18h. Já o atendimento na Câmara Municipal será estendido até a data final do prazo, iniciando às 8h e encerrando às 20h.

O conteúdo continua após o anúncio

Plantão no sábado e no domingo

Ainda de acordo com Vilma, serão realizados plantões na Câmara Municipal no próximo fim de semana. No sábado (29), o atendimento será das 8h às 16h, e, no domingo (1º), das 9h às 15h. “As pessoas já podem fazer o agendamento pelo disque eleitor (148).”

Foi graças ao agendamento prévio que a funcionária pública Michelle Oliveira conseguiu fugir da fila na semana passada. “Deixei para realizar o procedimento em cima da hora e imaginei que teria dificuldades, que iria passar horas esperando por atendimento. Mas consegui agendar e deu tudo certo, foi bem simples e rápido.” O estudante Gabriel Santos está na lista de eleitores que ainda não fizeram o recadastramento biométrico. “Vou aproveitar o período antes de as férias terminarem para fazer. Embora eu esteja bem desanimado com a política, é importante exercer o direito de votar.”

Documentação
Para a realização do recadastramento, é necessário apresentar qualquer documento de identidade com foto, como carteira de identidade, carteira de trabalho e alistamento militar. Também é exigido um comprovante de residência.

Sanções
Quem não fizer o procedimento terá o título cancelado, ficando sujeito a impedimentos como o de obter passaporte, carteira de identidade e inscrever-se em concurso ou prova para cargo ou função pública. Há ainda vedações para recebimento de vencimentos, remuneração, salário ou proventos de função ou emprego público, autárquico ou paraestatal; à participação em concorrência pública ou administrativa da União, dos estados, dos territórios, do Distrito Federal, dos municípios ou das respectivas autarquias; e à renovação de matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo Governo.



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Desenvolvido por Grupo Emedia