Tópicos em alta: eleições 2022 / coronavírus / vacina / polícia / obituário

Técnico do JF Vôlei elogia estreia e projeta “nível ideal” em um mês

Juiz-foranos superaram o Minas Náutico no tie-break e voltam a quadra no próximo sábado pela Superliga B


Por Bruno Kaehler

24/01/2022 às 13h32- Atualizada 24/01/2022 às 13h35

O JF Vôlei iniciou a nova edição da Superliga B da mesma forma que terminou em 2021: vencendo. Desta vez, o time local, em atuação na nova casa, o Ginásio da UniAcademia, bateu o Minas Náutico Tênis Clube por 3 sets a 2, parciais de 25/20, 20/25, 25/18, 20/25 e 15/8, com performance elogiada pelo treinador Daniel Schimitz, outro estreante.

“Falei com o grupo sobre isso hoje (segunda) de manhã, que a avaliação foi muito positiva. O nervosismo é normal na estreia de uma equipe jovem, já esperávamos que fôssemos ter altos e baixos ao longo da partida, mas fiquei feliz porque colocamos o nosso ritmo de jogo na maior parte do confronto”, salienta Daniel. “Fomos muito superiores no terceiro set e no tie-break, apesar de termos enfrentado uma equipe muito dura, o Minas tem muita qualidade”, completa.

O conteúdo continua após o anúncio
Atletas comemoram ponto na vitória sobre o Minas no último sábado (Foto: Daniel Braga/XFoto)

A página, agora, muda para o duelo do próximo sábado (29), contra Niterói Vôlei, novamente em Juiz de Fora. Durante a pré-temporada, as duas equipes se enfrentaram em jogos-treinos na UniAcademia com uma vitória pra cada lado. O time fluminense estreou com derrota em casa para Aprov/Chapecó (SC) também no sábado.  “Temos um conhecimento desses dois jogos mais a estreia deles com Chapecó, só que colocaram um levantador diferente no terceiro set. Temos que nos preparar pra tudo. Começamos a analisar eles já e também temos que fazer ajustes, acertar os side outs, diminuir os erros de saque, porque foram muitos contra o Minas, além de alguns buracos que tivemos ainda nos jogos-treinos”, projeta o treinador.

A ideia é que, com os jogos e os treinamentos, a equipe possa melhorar de forma constante até chegar, de forma homogênea, no nível necessário para buscar mais uma vez o acesso. “Toda semana temos que melhorar um pouquinho. Acredito que em um mês de trabalho e jogos a gente alcance o nível ideal, mas tenho certeza de que vamos crescer a cada semana até o final. Contra Suzano (5ª rodada, 19 de fevereiro) já acho que estaremos em um ótimo nível”, idealiza Daniel.

 

Tópicos: jf vôlei

Os comentários nas postagens e os conteúdos dos colunistas não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir comentários que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia