Tópicos em alta: eleições 2022 / coronavírus / vacina / polícia / obituário

JF Vôlei segue em último a quatro jogos do fim da Superliga B

Sem poder se reforçar, equipe aposta em arrancada na reta final de competição que prevê quatro de dez times rebaixados


Por Bruno Kaehler

21/02/2022 às 13h48

Na última década de participações do JF Vôlei em edições da Superliga masculina, em diversas temporadas a equipe registrou uma reta final de recuperação e sequência de vitórias. Voltamos à 2022 e esta é novamente a necessidade do time local para escapar do rebaixamento à Superliga C. Isto porque faltam apenas quatro partidas para o fim da primeira fase da segunda divisão nacional, e os juiz-foranos possuem a pior campanha.

No último sábado (19), o time comandado pelo técnico Daniel Schimitz não resistiu às forças do Suzano, para muitos a equipe mais qualificada desta Superliga B. Atuando no interior de São Paulo, os mineiros foram derrotados por 3 sets a 0, com parciais de 25/20, 25/19 e 25/23. Este foi o terceiro revés em cinco rodadas, trajetória que mantém o JF Vôlei na última posição com 4 pontos ganhos, quatro a menos que o primeiro time fora da zona de rebaixamento (Z4), o Vila Nova.

O conteúdo continua após o anúncio
Tabela de classificação atualizada da Superliga B (Foto: CBV)

Os goianos, inclusive, são os próximos adversários dos juiz-foranos. Restam quatro compromissos – 12 pontos em disputa na etapa de classificação da Superliga B. O JF Vôlei volta para quadra nesta quinta-feira (24), às 21h, contra o Vila no Ginásio da UniAcademia; e ainda terá pela frente partidas com o Instituto Cuca (CE), fora de casa, a SMEL Araucária/ASPMA/Berneck (PR), em Juiz de Fora, e o Aprov/Chapecó (SC), em Santa Catarina.

Nesta edição, dos dez times participantes, os quatro melhores da fase de pontos corridos avançam às semifinais para a disputa de duas vagas na elite, enquanto o quarteto de pior campanha é rebaixado à Superliga C, que também deverá ser disputada neste ano.

Janela fechada

O JF Vôlei deverá se superar com o elenco que o técnico Daniel já possui à disposição para os quatro últimos jogos decisivos, sem a chegada de novos nomes. Isto porque, conforme o cronograma de datas do regulamento desta Superliga B, divulgado pela Confederação Brasileira de Vôlei, as inscrições só eram permitidas até o dia 11 de fevereiro, com possibilidade de regularização de atletas encerrada na última quarta-feira (16).

Tópicos: jf vôlei / superliga b

Os comentários nas postagens e os conteúdos dos colunistas não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir comentários que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia