Tópicos em alta: sarampo / CPI dos ônibus / polícia / bolsonaro / reforma da previdência

Juiz-foranos conquistam prata e bronze no Brasileiro de Taekwondo

Wallace Detoni é vice-campeão nacional na categoria master, com Luiza Bicalho na terceira colocação da faixa até 21 anos

Por Bruno Kaehler

19/08/2019 às 21h08

Luiza Bicalho mostra a medalha ao lado do pai e mestre, Marcelo Bicalho (Foto: Arquivo pessoal)
Wallace se tornou vice-campeão brasileiro master de taekwondo (Foto: Arquivo pessoal)

Os taekwondistas locais Wallace Detoni e Luiza Bicalho (MM Academia) conquistaram, no último fim de semana, as medalhas de prata e bronze, respectivamente, no Supercampeonato Brasileiro da arte marcial, disputado na Arena Carioca 1, no Parque Olímpico do Rio de Janeiro (RJ). Wallace levou o vice-campeonato nacional pela categoria master, enquanto Luiza foi a terceira melhor na categoria até 21 anos.

A equipe juiz-forana ainda contou com as sextas colocações de Júlia Marcatte, cadete, e Isabelly Arantes, juvenil, e ficou com o quinto lugar infantil ao ser defendida por Heitor Picolli e Diego Medina. “Foi um evento de muita importância para os atletas, de maioria em sua primeira participação. Tivemos um desempenho médio e agora temos que corrigir os erros primários até mesmo para os mais experientes”, avalia o mestre Marcelo Bicalho.

O conteúdo continua após o anúncio

Os resultados encorpam a participação juiz-forana no evento, com o tetracampeonato de Danielly Vitória, conquistado na sexta (16).

“Voltar duas vezes melhor”

Professor e atleta, o faixa preta local Igor Ribeiro também competiu no último sábado (17). Após vencer sua primeira luta na categoria adulto, até 74kg, por 18 a 11, ele acabou eliminado no combate seguinte, em virada por 6 a 5. “O resultado foi longe do que treinei e queria, que era o ouro. Acabei perdendo uma luta que, de certa forma, estava nas minhas mãos, mas no final, por um descuido, acabei tomando um golpe que o adversário conseguiu reverter o placar. Como faltavam cinco segundos, não consegui recuperar. São detalhes, e, no alto nível, fazem diferença. Vou levar essa derrota como um aprendizado maior e voltar duas vezes melhor”, analisou Igor.

Tópicos: Taekwondo

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia