Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Juiz-forana Danielly Vitória busca seleção brasileira e Mundial em 2022

Lutadora de taekwondo já reiniciou os treinamentos para sua segunda temporada competitiva na categoria adulta


Por Bruno Kaehler

12/01/2022 às 07h00

Referência local no taekwondo, Danielly Vitória já iniciou uma nova temporada e com objetivos traçados. A atleta da Zona Norte de Juiz de Fora, mas que treina em São Caetano do Sul, no interior de São Paulo, dá largada à segunda temporada na categoria adulta atrás de vaga na seleção brasileira pelo quinto ano consecutivo em sua carreira, além da consequente disputa do Campeonato Mundial, programado para o mês de outubro.

Multimedalhista, Dany busca novas conquistas agora na categoria principal em 2022 (Foto: Anna Júlia)

Com a intensificação dos treinamentos, Dany realiza as atividades com pensamento no Grand Slam de Taekwondo, torneio chancelado pela Confederação Brasileira da arte marcial (CBTKD), programado para ocorrer no próximo mês, entre os dias 17 e 20, no Ginásio Paulo Sarasate, em Fortaleza (CE). “É a minha primeira competição e ela é a seletiva da seleção brasileira de taekwondo. Por isso é a competição mais importante do ano. Também vai valer vaga para o Campeonato Mundial”, conta Dany à Tribuna.

O conteúdo continua após o anúncio

O torneio internacional está programado para ocorrer em outubro, mas apenas atletas da seleção irão disputar. Logo, tudo passará pelo resultado no Grand Slam. “Só vou para o Mundial se eu ganhar o Grand Slam”, reforça a juiz-forana, que tem as metas traçadas. “Minha prioridade é ser titular da seleção brasileira e conseguir a vaga para o campeonato internacional mais importante do ano, que é o Mundial.”

Além disso, Dany também irá buscar a evolução como atleta em competições e experiências no exterior em contato com outras escolas, como ela fez no fim de 2021, quando passou um mês na Europa em participações de torneios e campings na Rússia, Albânia e Montenegro, que renderam duas medalhas de bronze à jovem na categoria adulta até 46kg.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia