Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Luso-brasileiro Anderson Florentino é o novo técnico do Tupi

Presidente do Carijó confirma que ainda pretende iniciar a pré-temporada para o Módulo II do Mineiro na próxima semana


Por Bruno Kaehler

11/05/2021 às 08h36- Atualizada 11/05/2021 às 16h59

Anderson Florentino irá comandar o Tupi no Módulo II do Campeonato Mineiro (Foto: Divulgação/7 de Abril)

Anderson Florentino, de 49 anos, é o novo técnico do Tupi. A informação foi confirmada à Tribuna pelo presidente do clube, José Luiz Mauller Junior, o Juninho, na manhã desta terça-feira (11). O novo comandante é esperado ainda nesta semana em Juiz de Fora e pode ser apresentado na próxima sexta. A projeção é que os trabalhos de pré-temporada já possam ser iniciados a partir da segunda-feira (17).

Também ex-jogador, Anderson Ré Florentino é luso-brasileiro, nascido no Rio de Janeiro. Como atleta, ele atuou por equipes como América-RJ, Bangu e Vitória (BA) até ir para a Europa, onde atuou por mais de uma década e obteve a dupla nacionalidade. Após encerrar sua carreira como jogador, ele fez curso preparatório para ser treinador pelas federações de futebol de Portugal e da Espanha. Como treinador, comandou clubes como o São Carlense (SP), Piauí (PI) e, mais recentemente, o 7 de Abril (RJ), onde conquistou o acesso à terceira divisão do Rio de Janeiro. Nesta campanha do Carioca B2, ele somou 17 jogos, com nove vitórias, cinco empates e três derrotas.

Conforme Juninho, o treinador chega por meio de uma parceria. “Teve um rapaz que trabalhou no Flamengo, o Lébio (Ribeiro), e fez uma parceria com a gente, mas nada custoso ao Tupi. Indicou o Anderson. Ele trabalhou no Rio nos últimos tempos e ajudou o time a subir pra terceirona”, relata Juninho, questionado sobre a contrapartida do clube, em seguida. “Ele deve comandar o departamento de futebol e indicar seis jogadores para serem avaliados, trabalhou no Flamengo e conhece alguns atletas”, respondeu o presidente.

O conteúdo continua após o anúncio

Programação sem Adil

Com a parceria, Juninho admite que não terá Adil Pimenta como diretor de futebol do clube na temporada. Ainda assim, o presidente espera contar com a ajuda do ex-atleta. “Teoricamente, na função que ele estava na função de diretor, não deve seguir, mas ainda vou tentar trazer o Adil pra trabalhar com a gente. Quem vai trabalhar conosco, como se fosse um olheiro para trazer jogadores pra nossas equipes, é o Wesley Tanque (ex-atacante carijó)”, revela o presidente.

O Tupi tem estreia no Módulo II programada para o dia 3 de julho, em partida contra o Ipatinga, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio.

Formação do elenco

Mesmo antes de apresentar o treinador, a diretoria do Tupi articula a formação do elenco para a disputa do Módulo II do Campeonato Mineiro. A intenção dos comandantes do Galo Carijó é que a maior parte do elenco se apresente na próxima segunda-feira (17). “Muitos atletas já estão apalavrados comigo. Como fechamos com o treinador ontem (segunda-feira), hoje entro em contato com a maioria dos jogadores para acertar tudo”, garante Juninho.

De acordo com o presidente, entre os atletas com acertos alinhavados estão o lateral-direito Adson, o zagueiro Douglas Nunes, o atacante Yan, o volante Rafael Borges, além dos meio-campistas Izaias e Kassinho. Todos os jogadores fizeram parte do elenco do Tupi na última temporada e retornam para tentar, novamente, recolocar o Galo na elite do futebol mineiro.

Tópicos: Módulo II / tupi

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Desenvolvido por Grupo Emedia