Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / chuva / blogs e colunas / obituário / polícia

JF Vôlei disputará torneio preparatório antes da Superliga B

Clube receberá, em Juiz de Fora, Botafogo e São José entre 18 e 20 de dezembro

Por Tribuna

10/12/2018 às 20h00- Atualizada 10/12/2018 às 21h43

Diretor técnico do JF Vôlei, Maurício Bara, apresentou o calendário e as novidades da equipe para a próxima temporada (Foto: Marcelo Ribeiro)

O JF Vôlei apresentou, na noite desta segunda (10), no Trade Hotel, o calendário preparatório e novos aportes financeiros do clube para a Superliga B 2018/2019 por meio de Leis de Incentivo ao Esporte – tanto estadual quanto federal. Além da Superliga B, a ser disputada a partir de 24 de janeiro, o JF Vôlei organizará e participará da Copa Trade Vôlei, junto ao Botafogo de Futebol e Regatas (RJ) e São José Vôlei (SP), entre 18 e 20 de dezembro, no Ginásio da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

“Gosto de jogos em que o time é desafiado. A gente está com muitas dificuldades de marcar amistosos, porque nossos adversários tradicionais, como o Sesc (RJ), Minas e Sada Cruzeiro (MG), jogam a Superliga, o que dificulta o embate técnico. Temos que ter a real dimensão da nossa equipe por meio de confrontos com equipes que enfrentarão as mesmas dificuldades na Superliga B. É uma boa dimensão a um mês da competição”, explica o diretor técnico do JF Vôlei, Maurício Bara. Em 18 de dezembro, JF Vôlei e São José Vôlei abrirão o torneio; no dia 19, São José e Botafogo se enfrentarão; por fim, no dia 20, jogarão JF Vôlei e Botafogo. Todos as partidas acontecerão às 19h30.

JF Vôlei e Botafogo enfrentaram-se, inclusive, no Campeonato Carioca, em 2 de setembro, ocasião em que os cariocas sagraram-se vencedores por 3 a 0. Em relação aos campeonatos Carioca e Mineiro, comissão técnica e diretoria trabalham com a manutenção da maioria do elenco. Saíram o levantador Léo Rocha e o ponteiro Antony Gabriel e chegaram o levantador Odilon Fortini, 24 anos, e o oposto William Kerber, 20. “Sou bastante vibrador. Se o jogo estiver brigado, vou para cima, principalmente por meio do saque. Chego para somar e com expectativas de uma boa temporada. Somos uma equipe jovem, mas com grande potencial. O objetivo é chegar à final, mas jogando um jogo por vezes”, afirma Kerber, ex-São José, clube que deixou por desentendimentos contratuais.

Na comissão técnica, apenas uma mudança em relação à formação que iniciou a temporada 2018/2019; após a saída do auxiliar técnico e analista de desempenho, José Augusto Pereira, Diego Sartori assumirá as mesmas funções na Copa Trade Vôlei e na Superliga B.

O conteúdo continua após o anúncio

Recursos

Por meio das Leis de Incentivo ao Esporte, o JF Vôlei anunciou novos aportes financeiros – sobretudo por meio do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) pela Lei estadual, como Arcelor Mittal, Melpoejo, Campo Bom, Unida, Medquímica e Meias Rikam. Já por meio da Lei federal, o clube anunciou a continuação da Rivelli.

Estreia na Superliga B contra o Anápolis Vôlei

O JF Vôlei estreará, na Superliga B, em 26 de janeiro, às 17h, contra o Anápolis Vôlei (GO), no Ginásio Newton de Faria, em Anápolis. O primeiro jogo da edição de 2018, entretanto, acontecerá em 24 de janeiro, entre Lavras Vôlei (MG) e Botafogo (RJ), no Lavras Tênis Clube, às 20h. A Superliga B Masculina reunirá oito equipes. A Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) divulgou a tabela na última sexta-feira (7).

Os play-offs da Superliga B – quartas de final – começarão a partir de 16 de março após cruzamento olímpico dos primeiros colocados da fase classificatória, disputada em turno único; quartas, semifinais e final, começam em 14 de abril. Os dois finalistas garantirão o acesso para disputar a edição da Superliga da temporada 2019/2020, bem como os dois últimos colocados enfrentarão o descendo, a disputar a Superliga C em 2019/2020.
Além do JF Vôlei, disputarão a Superliga B Canoas Vôlei (RS), Botafogo (RJ), APAN Blumenau (SC), Upis (DF), São José Vôlei (SP), Lavras Vôlei (MG) e Anápolis Vôlei (GO).

Tópicos: vôlei



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Desenvolvido por Grupo Emedia