Tópicos em alta: sergio moro / dengue / polícia / reforma da previdência / bolsonaro

Tarifas dos aeroportos Confins e Galeão são reajustadas

Com a mudança, que começa a valer em 30 dias, taxa de embarque no Galeão passará para R$ 56,40 em voos internacionais; em Confins, a mesma tarifa sobe para R$ 56,12

Por Tribuna

13/05/2019 às 10h47- Atualizada 13/05/2019 às 10h49

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) reajustou os tetos das tarifas aeroportuárias dos contratos de concessão do aeroportos internacionais Antônio Carlos Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro (RJ), e Tancredo Neves (Confins), em Minas Gerais. Os índices do aumento no Galeão foram de 4,9405% para todas as tarifas e, em Confins, de 5,0912% e de 4,9405%, a depender do tipo de taxa.

O reajuste é aplicado sobre os valores em vigor desde de maio do ano passado.

O conteúdo continua após o anúncio

O aumento abrange as taxas de embarque, conexão, pouso, permanência, armazenagem e capatazia. Com isso, a taxa de embarque no Galeão passará de R$ 30,35 para R$ 31,85, em voos domésticos, e de R$ 53,74 para R$ 56,40, em voos internacionais.

Em Confins, os valores dessa tarifa saem de R$ 30,15 para R$ 31,69 e de R$ 53,40 para R$ 56,12, respectivamente.

Conforme decisão publicada no Diário Oficial da União (DOU), as concessionárias devem dar publicidade aos novos valores, que poderão ser praticados após 30 dias.

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia