Tópicos em alta: eleições 2022 / coronavírus / vacina / polícia / obituário

Festa Country volta a acontecer nesta sexta-feira

Apostando em novas experiências, um dos eventos mais tradicionais de Juiz de Fora vai acontecer neste final de semana


Por Cecília Itaborahy, sob supervisão de Marcos Araújo

11/05/2022 às 07h00

Festa Country vai acontecer no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio (Foto: Divulgação)

Quando começou, lá no final dos anos 90, a festa era de rodeio. Evento típico de cidade do interior, atraía gente de Minas Gerais inteira interessada na competição e, claro, nas atrações. Maio era típico: lá vem a Festa Country junto com o frio. Os tempos são outros. O rodeio, com o passar dos anos, foi proibido, e o conceito da festa foi mudando. Quatro anos depois de uma pausa intensificada pela pandemia, a tradição volta à cidade. Começa, nesta sexta-feira (13), a Festa Country, em uma edição diferente das anteriores.

Apesar de duas das atrações serem as mesmas do evento de 2018, sendo elas Jorge e Matheus, DJ Kévin e Israel e Rodolffo, na sexta, e Alok, Zé Neto e Cristiano e Hungria Hip Hop, no sábado (14), a Festa Country, com organização da Front Produções, retorna apostando em novas experiências. A primeira delas é o local. Neste ano, ao invés de acontecer no Parque de Exposições, o evento vai para o Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, marcando, também, a volta das realizações culturais no espaço, que já era uma intenção da atual Administração municipal.

Outra mudança é o horário. A festa vai começar mais cedo: a partir das 18h, os portões já estarão abertos. Karla Rodrigues, uma das produtoras do evento, diz que essa medida segue a tendências de outros eventos que, por causa de uma mudança de hábito ocasionada pela pandemia, alteraram o horário até com vista de terminar mais cedo.

Para além dos shows

O novo horário vem também com a intenção, de acordo com Karla, de fazer com que as pessoas consigam aproveitar ao máximo as novas modalidades de diversão que foram implementadas na Festa Country. “A festa foi ganhando novas formas com o tempo, e, agora, a gente quer que ela se torne, realmente, um festival.” Tendo como modelo os principais eventos do gênero que acontecem no Brasil, esta edição contará com tirolesa, que vai atravessar o estádio de ponta a ponta, passeio de balão, que sobe a 30 metros, e simulador de asa delta, com aproveitamento da arquibancada. O espaço ainda vai ganhar área destinada à praça de alimentação, com gastronomia variada.

Além disso, serão, ao todo, três possibilidades de ingresso: o front stage, que equivale à pista, o camarote e o camarote do Privilège. Esse ainda vai ter apresentações de DJs locais entre as atrações principais, com Marquinhus e Pandão, na sexta, e Vermin e Guif, no sábado. Nenhuma dessas possibilidades possui open bar.

O conteúdo continua após o anúncio

Oportunidade aos músicos locais

Neste ano, a Festa Country ainda terá dois palcos: um voltado às apresentações dos shows principais e outro com atrações locais. “A gente quis fazer isso para dar oportunidade para novas bandas também”, salienta Karla. Subirão neste palco Léo de Freitas, DJ Morango e Samba de Colher, na sexta, e Mauna, Curt’aê, Leonardo de Freitas e Fabiano, Ousasamba e Wender Santos, no sábado. A festa, lá em seu começo, reunia os principais nomes do sertanejo, principalmente em razão da realização de rodeios. Mas, há tempos, mescla gêneros, como rock, pop e eletrônico, para atrair os diversos públicos. Isso, também de acordo com Karla, é fruto de um acompanhamento do mercado atual e das mudanças no cenário da música brasileira.

A produtora diz ainda que todas essas novas ideias são fruto de três anos de conversas assíduas, para a criação de um novo estilo de festa que, ao mesmo tempo, preservasse a tradição que a Festa Country construiu ao longo desses anos. “A gente já vem pensando nessa mudança há um tempo e a pandemia intensificou isso. Teve um tempo maior para que isso fosse possível, e não foi de um dia para o outro que isso foi construído.” Tudo, de acordo com ela, vem no intuito de gerar ainda mais conforto. “Um festival, a gente tem a preocupação não só de trazer as pessoas, mas tem outras coisas envolvidas, porque o principal é a experiência. Agora, vai ser possível chegar cedo e desfrutar dos atrativos, dos shows e dos nossos espaços.”

No Calendário Oficial de Juiz de Fora

Desde o dia 28, tramita na Câmara Municipal de Juiz de Fora um projeto de lei que busca instituir a Festa Country no Calendário Oficial do Município. A proposta é do vereador Marlon Siqueira (PP) e, agora, aguarda sanção do Executivo. Se aprovada, a festa manteria sua data das próximas edições em maio. A ideia é valorizar ainda mais o evento e impulsionar a movimentação turística na cidade, tendo em vista que ele é considerado um dos maiores do ramo “country” em Minas Gerais.

Confira a programação completa da Festa Country 2022:

Sexta-feira (13)
18h – Abertura dos portões
20h – Samba de Colher (Palco Alô)
21h – DJ Kévin
22h – Léo de Freitas (Palco Alô)
23h – Israel e Rodolffo
00h30 – DJ Morango (Palco Alô)
01h – Jorge e Mateus

Sábado (14)
18h – Abertura dos portões
19h – Curt’aê (Palco Alô)
20h- Mauna (Palco Alô)
21h – Hungria
22h – Leonardo de Freitas e Fabiano + Ousasamba – participação especial de Wender Santos (Palco Alô)
23h – Zé Neto e Cristiano
00h30 – Hugo e Alex (Palco Alô)
01h – Alok

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia