Tópicos em alta: eleições 2022 / coronavírus / vacina / polícia / obituário

Mãe e namorado são presos por suspeita de abuso e maus-tratos de menino de 5 anos

Segundo a PM, criança permaneceu internada no HPS em estado grave para intervenção cirúrgica


Por Sandra Zanella

25/01/2022 às 16h45

Uma mulher de 26 anos foi presa em flagrante depois de seu filho de 5 anos dar entrada no HPS de Juiz de Fora, na tarde de segunda-feira (24), com sinais de abuso sexual e maus-tratos. O namorado dela, 24, foi detido pelos crimes ao ser localizado pela Polícia Militar em uma praça na Zona Leste. “Após consulta médica, o fato foi confirmado, tendo sido diagnosticado sangramento na região anal e várias lesões internas, permanecendo a criança internada em estado grave para intervenção cirúrgica”, informou a PM.

A mãe foi quem levou a criança para o hospital e fez contato com os policiais. Ela relatou que reside com mais três filhos e com o namorado na região Leste. Militares seguiram até o endereço e constataram que as outras crianças teriam sido deixadas com uma parente. Ainda segundo a PM, após versões contraditórias de ambas as partes e afirmação da médica quanto à impossibilidade de autolesão, a mãe da vítima e o namorado dela foram presos. O Conselho Tutelar foi acionado, e as demais crianças permaneceram sob os cuidados da avó paterna.

O conteúdo continua após o anúncio

De acordo com informações do registro policial, outras lesões no corpo do menino, que seriam decorrentes de maus-tratos, foram constatadas, como hematomas na face e crânio. Inicialmente, a mãe relatou que o filho teria ido tomar banho sozinho e, ao chegar ao banheiro, ela percebeu que ele estava com sangramento anal. Diante da situação, deixou seus outros três filhos com uma familiar e socorreu o menino até o HPS. Conforme a PM, durante o atendimento médico foram verificados sinais de violência sexual, como cortes profundos na região perianal e lesões que teriam chegado até o estômago, além de perfuração no ânus e no intestino.

Os policiais ainda encontraram sangue no banheiro da casa onde a família reside. A PM destacou que o imóvel não tinha condições de abrigar crianças, pois havia muito mato, lixo, ratos e baratas. Os suspeitos foram levados para a Delegacia de Santa Terezinha. O homem, que deverá responder por estupro de vulnerável, chegou a ser submetido a exames no HPS, e o caso seguiu para investigação. Segundo a assessoria da Polícia Civil, a mãe e o namorado dela tiveram o flagrante confirmado pela autoridade policial e foram encaminhados ao sistema prisional. O caso será apurado pela 5ª Delegacia.

Tópicos: polícia

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia