Tópicos em alta: cartas a jf / onça-pintada / dengue / polícia

Semana começa com temperatura em elevação

Atualizada às 11h35 O enfraquecimento do sistema frontal em atuação sobre o oceano cria condições favoráveis à diminuição das áreas de instabilidade sobre Minas Gerais nesta segunda-feira (14). Com a diminuição da nebulosidade, a estimativa é que os termômetros entrem em elevação. Conforme o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a previsão é de que a […]

Por Juliana Netto

14/12/2015 às 09h41- Atualizada 14/12/2015 às 11h39

Atualizada às 11h35

Foto: Olavo Prazeres/14/12/15

O enfraquecimento do sistema frontal em atuação sobre o oceano cria condições favoráveis à diminuição das áreas de instabilidade sobre Minas Gerais nesta segunda-feira (14). Com a diminuição da nebulosidade, a estimativa é que os termômetros entrem em elevação.

Conforme o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a previsão é de que a temperatura máxima chegue a 30 graus em Juiz de Fora. A mínima do dia foi registrada por volta das 2h, quando os termômetros do 5º Distrito de Meteorologia, instalados no Campus da UFJF, marcaram 18,7 graus.

Embora a meteorologia aponte maior possibilidade de chuva para regiões de divisa com o estado de São Paulo, o instituto não descarta a possibilidade de pancadas e trovoadas isoladas também na Zona da Mata, incluindo Juiz de Fora. O Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (Cptec) ainda aponta probabilidade de pancadas de chuva na cidade na casa dos 80% entre hoje e amanhã. Já a partir de quarta, as chances de precipitações caem para apenas 5%.

Chuva no fim de semana

O conteúdo continua após o anúncio

De acordo com pluviômetros do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), monitorados pela Defesa Civil, a média de chuva em Juiz de Fora registrada nas últimas 72 horas foi de 38,84 milímetros. As regiões com maior acumulado foram Santa Terezinha, com 69,2 milímetros, Cidade Universitária, 63,88 milímetros, e Paço Del Rey, com 61,81 milímetros. Ainda conforme a pasta, com as chuvas do fim de semana, o volume mensal de precipitações chegou a 169 milímetros. O esperado para todo  o mês, de acordo com a média histórica, são 327,1 milímetros.

Nas últimas 72 horas, foram registradas 10 ocorrências: três na região Oeste, três na Norte, duas na Nordeste, uma na Sudeste e uma na Leste. Entre os tipos de registros, estão um alagamento, uma ameaça de queda de árvore, um destelhamento total de edificação, um escorregamento de pedra, um escorregamento de talude, uma orientação técnica preventiva, uma queda de árvore, duas reavaliações, e uma trinca em muro de divisa.

De acordo com a Cesama, em relação à sexta-feira, a Represa de São Pedro apresentou aumento de 9,5% de seu volume, chegando a 97,1% de água acumulada na manhã desta segunda. O ganho na Represa João Penido, principal manancial da cidade, foi mais modesto, de 1,3%. Com isso, o local concentra agora 47,4% de sua capacidade. Já o nível de água em Chapéu D’Uvas não apresentou alteração, mantendo-se com 58,5%.

Quer ter a sua foto do tempo publicada na Tribuna? Faça seu registro, publique a imagem no Facebook ou Instagram usando as hashtags #amanheceremjf ou #entardeceremjf. As mais bonitas e criativas podem aparecer no nosso site e redes sociais.

 

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia