Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Carro pega fogo na Avenida Getúlio Vargas, no Centro de Juiz de Fora

Baldes de água e uma mangueira foram usados até a chegada dos bombeiros; ninguém se feriu


Por Tribuna

13/10/2021 às 16h54- Atualizada 13/10/2021 às 21h22

Pessoas que estavam nas imediações ajudaram a combater as chamas até a chegada dos bombeiros (Foto: Fernando Priamo)

Um carro pegou fogo na tarde desta quarta-feira (13) na Avenida Getúlio Vargas, no Centro de Juiz de Fora. Segundo o Corpo de Bombeiros, o veículo teve um princípio de incêndio, causando muita fumaça no local. Pessoas que estavam nas imediações ajudaram a apagar o fogo com baldes de água e uma mangueira de incêndio de um dos prédios próximos.

Trânsito precisou ser interrompido no trecho, mas situação foi normalizada por volta das 16h30 (Foto: Fernando Priamo)

Os bombeiros estiveram no local e conseguiram combater as chamas. De acordo com os militares, o condutor conseguiu sair do veículo e ninguém se feriu. A causa do incêndio ainda não foi identificada.

O conteúdo continua após o anúncio

A Avenida Getúlio Vargas chegou a ser fechada pela Polícia Militar para o trabalho dos bombeiros, mas, segundo a corporação, o trecho já havia sido liberado por volta das 16h30.

A dupla de guardas municipais que estava em serviço na Praça do Riachuelo testemunhou o incidente. De acordo com informações da equipe, por volta das 15h, enquanto deixavam o ponto base em direção a Avenida Getúlio Vargas, o veículo parou em frente deles já pegando fogo. Os guardas atuaram no fechamento e no desvio do trânsito, enquanto aguardavam a chegada dos bombeiros no local.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia