Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / chuva / blogs e colunas / obituário / polícia

Mulher morre em atropelamento na Avenida JK

Proprietário do veículo se apresentou na delegacia e teria explicado que o carro foi deixado com outra pessoa, para que ela levasse o automóvel para lavar

Por Renan Ribeiro

13/01/2021 às 16h21- Atualizada 13/01/2021 às 22h13

Veículo que atingiu a vítima tinha acoplada uma carretinha, que transportava um jet ski (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Uma mulher de 40 anos morreu, no início da tarde dessa quarta-feira (13), após ser atropelada na Avenida Juscelino Kubitscheck, na altura do Bairro Francisco Bernardino, na Zona Norte, logo depois do cruzamento com a Rua Manoel Diniz da Silva.

De acordo com a Polícia Militar, ela atravessava a via, quando foi atingida por um automóvel na faixa sentido Centro/Zona Norte. A vítima chegou a ser socorrida pelo Samu, mas não resistiu ao ferimento e morreu no local.

Não houve retenção no trânsito em função do atropelamento. O corpo da mulher foi retirado da pista e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) em seguida.

O conteúdo continua após o anúncio

A Polícia Militar realizou rastreamento para identificar o condutor do veículo. As informações levaram ao dono de uma caminhonete, na qual estava acoplada uma carretinha, em que era transportado um jet ski.

O autor do atropelamento fugiu sem prestar socorro, conforme o registro policial. O veículo e o autor, no entanto, foram identificados, por meio de imagens feitas por circuitos de câmeras dos prédios do entorno.

Após o atropelamento, o proprietário do veículo se apresentou na delegacia. Ele teria explicado que o carro foi deixado com outra pessoa, para que ela o levasse para lavar. Segundo a Polícia Militar, quem dirigia o automóvel era um jovem de 24 anos, que ainda não foi localizado. O veículo deve ser submetido a vistoria.

Tópicos: polícia



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Desenvolvido por Grupo Emedia