Tópicos em alta: eleições 2022 / coronavírus / vacina / polícia / obituário

Elon Musk suspende compra do Twitter

CEO da Tesla, porém, reiterou o comprometimento em concretizar o negócio


Por Tribuna

13/05/2022 às 10h05- Atualizada 13/05/2022 às 10h07

O bilionário Elon Musk, CEO da Tesla, disse nesta sexta-feira (13) que o acordo de compra do Twitter está “temporariamente suspenso”, levando a ação da empresa de mídia social a despencar nos negócios do pré-mercado em Nova York. “O acordo do Twitter está temporariamente suspenso, à espera de detalhes que sustentem o cálculo de que contas falsas e de spam representam de fato menos de 5% dos usuários”, afirmou Musk, em sua conta oficial no Twitter.
No mês passado, Musk fechou um acordo para adquirir o Twitter, numa transação avaliada em US$ 44 bilhões. Às 7h18 (de Brasília), a ação do Twitter sofria um tombo de 17,9% no pré-mercado.

Apesar do anúncio, ele informou que ainda pretende comprar o Twitter. Musk havia afirmado que aguarda detalhes sobre os cálculos de que as contas falsas e de spam representam menos de 5% dos usuários da plataforma.

O conteúdo continua após o anúncio

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia