Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Comida di Buteco: Aprenda a fazer o premiado Bira Meu Boi

Birosca foi o terceiro colocado do Comida di Buteco, com prato que conta a história do bar e suas mulheres


Por Cecilia Itaborahy, estagiária sob supervisão de Wendell Guiducci

17/09/2021 às 07h00

O terceiro lugar do Comida di Buteco 2021 em Juiz de Fora ficou com o prato Bira Meu Boi, do Birosca (@bar_birosca). Esse petisco nada mais é que porpetas de peito de boi desfiado, recheadas de alho poró e muçarela. Para o festival, ele ainda vinha acompanhado com molho madeira, geleia de gengibre e farofa de cebola. Para entender de onde surgiu essa ideia, Marcela Junnuzzi, um dos braços do Birosca, conta que ele tem a ver, na verdade, com a própria criação do bar, que “surgiu da união entre mãe e irmãs”. De início, inclusive, fazendo receita de família: um caldo português da família da Percy, a matriarca.

Percy só foi aprender a cozinhar quando as filhas nasceram. Fazia a comida, mesmo não achando boa. Tempos depois, em 2011, surgiu a ideia de revender os caldos da família. Além de Marcela e sua mãe, que até a pandemia comandava a cozinha, o outro braço é o da Flávia, a irmã que completa o trio oficial. Três anos depois, outra mulher entra na turma: Raquel Silva. A ideia do Bira Meu Boi nasceu dela. Marcela explica que o petisco é um “toque simbólico de retratar as ‘três raízes’ – eu, minha mãe e minha irmã -, aqui representadas pelo gengibre, (farinha de) mandioca e alho poró”. Isso porque o tema do festival desse ano foi, exatamente, raízes.

A união que permeou todo esse processo do Birosca e a própria vida de cada uma delas parece ser transpassada pelo petisco. É como o sabor da infância, a relação natural entre as mulheres e tudo o que disso deriva – até mesmo um bar. O que sela é mesmo o tempero, que, mesmo sem saber, Percy tinha em mãos. “Aqui, uma não existe sem a outra”, declara Marcela. Assim como a porpeta e o recheio que explode já na primeira mordida. Convenhamos: alho poró e muçarela são, também, inseparáveis.

Raquel, Marcela, Flávia e Percy ensinam a fazer o Bira Meu Boi: um bolinho saboroso que é história, tempero e crocância. Ele continua no cardápio para quem quiser experimentar o original, feito por elas. Mas fazer em casa é fácil e bom também. Para acompanhar, elas também ensinam a farofa e a geleia de gengibre.

Bira Meu Boi

Terceiro colocado no Comida di Buteco

O conteúdo continua após o anúncio

Ingredientes
Porpeta (referente a uma unidade):
100g de peito de boi desfiado
Farinha de rosca
1 ovo
15g de alho poró
15g de muçarela
Sal e alho a gosto
1 cebola
Louro a gosto

Geleia:
1 abacaxi
100g de açúcar
1 limão (apenas o caldo)
300g de gengibre fresco

Farofa:
1 cebola
Farinha de mandioca

Modo de preparo
Porpeta:
Tempere o peito de boi com alho, sal, cebola e louro. Cozinhe a carne na panela de pressão por, mais ou menos, uma hora. Depois, desfie. Quando já desfiada, misture o ovo e a farinha de rosca para dar liga. A dica é: para cada dois quilos de peito de boi, cinco ovos e, aproximadamente, 200g de farinha de rosca. Depois disso, recheie o bolinho com a muçarela e o alho poró. Frite a porpeta.

Geleia:
Bata no liquidificador o abacaxi com o gengibre e o açúcar. Leve ao fogo com o caldo do limão e deixe engrossar. Depois, coloque na geladeira para servir.

Farofa:
Primeiro, caramelize a cebola na frigideira com óleo. Quando estiver caramelizada, jogue a farinha de mandioca e misture. Tempere a gosto.

Leia também: Verrine: Arroz doce repaginado

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia