Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / chuva / blogs e colunas / obituário / polícia

Mais de 90 pessoas recebem alta após tratamento de Covid-19 na Santa Casa

PUBLIEDITORIAL

Equipe de saúde e família contam sobre o tratamento e a recuperação de Maria José da Silva Coelho, 76 anos, que teve alta no dia 9

Por Santa Casa de Juiz de Fora

20/07/2020 às 07h00

Maria José da Silva Coelho, 76 anos, recebe alta na Santa Casa, após mais de duas semanas internada. (Foto: Ascom Santa Casa de Juiz de Fora)

Quando um idoso recebe o diagnóstico positivo para a Covid-19, toda a sua família fica apreensiva a respeito da forma como a doença vai evoluir. Não é para menos, afinal os idosos fazem parte do grupo de risco e, por mais saudáveis que sejam, tendem a apresentar deficiências orgânicas causadas pelo próprio envelhecimento que, diante uma infecção, coloca-os em uma posição não muito favorável. Mas muitos se recuperam e voltam à vida normal. Felizmente, esse é o caso da aposentada Maria José da Silva Coelho, de 76 anos, moradora do distrito de Rosário de Minas, que faz parte das mais de 90 pessoas tiveram alta após tratamento da doença pela Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora. A idosa contraiu a doença no final de junho e, após mais de duas semanas internada na unidade para o tratamento contra o coronavírus, teve alta hospitalar no dia 9 de julho.

Segundo a coordenadora de enfermagem da Santa Casa, Patrícia Rodrigues Martins, Maria José foi atendida pelo Serviço de Urgência Especializada (SUE) para o coronavírus, no dia 20 de junho, sendo encaminhada à unidade de isolamento para pacientes Covid-19, onde realizou o teste que confirmou a Covid-19. A enfermeira relata que a paciente apresentou muitos dos sintomas associados à doença, como tosse seca, dor de cabeça, coriza, prostração, perda de apetite, mialgia e dor torácica. Outro agravante foi o fato de Maria José ser hipertensa.

Para a família, os dias na unidade de internação foram angustiantes, começando pelo susto, quando receberam a notícia de que ela havia sido infectada. “A primeira semana de internação foi a mais difícil, pois neste período os sintomas ficaram mais fortes, como dores e febre”, lembra a aposentada Lucia Helena Coelho, 57, uma das filhas da paciente. Já na segunda semana de internação, o quadro de saúde de Maria José foi evoluindo de forma positiva, e toda a família começou a ter mais esperanças. “Durante toda a internação, minha mãe recebeu muito carinho e atenção por parte dos médicos e dos enfermeiros. Acredito que esse acolhimento foi muito importante para a sua recuperação, além da nossa fé, claro. Hoje, já em casa, minha mãe está ótima e muito grata pelas pessoas e pelos filhos. Quer voltar à rotina dela, fazer as coisinhas dela. Nem parece que ela esteve doente”, conta Lúcia.

“Os profissionais de saúde da Santa Casa estão preparados para receber e cuidar daqueles que nos procuram em busca de tratamento”

Dr. Renato Loures
Médico da Santa Casa de Juiz de Fora

 

 

 

Assistência multidisciplinar capacitada

Desde o começo da pandemia, a Santa Casa de Juiz de Fora não tem medido esforços para enfrentar os casos da doença. Para isso, vem disponibilizando, de forma frequente, treinamentos e capacitações para a sua equipe médica e multidisciplinar, de modo que o trabalho ocorra de forma criteriosa e com extrema dedicação, visando à prevenção de complicações e recuperação dos pacientes.

“Com o passar do tempo e do enfrentamento à pandemia, a Santa Casa foi se aprimorando a cada dia, aprendendo e aperfeiçoando as condutas e melhores práticas para tratar daquelas pessoas que contraíram o vírus e desenvolveram a doença. Hoje, quase quatro meses depois do registro dos primeiros casos de Covid-19 na nossa cidade, os profissionais de saúde da Santa Casa estão preparados para receber e cuidar daqueles que nos procuram em busca de tratamento com segurança, tranquilidade, profissionalismo e transparência”, destaca Dr. Renato Loures, médico da Santa Casa de Juiz de Fora.

Comitê avalia diariamente ações de enfrentamento à Covid-19

Uma das atitudes mais importantes tomadas pela Santa Casa de Juiz de Fora, logo no começo da pandemia, foi a criação de um comitê multidisciplinar para traçar estratégias e ações de enfrentamento contra a Covid-19. O grupo é formado por membros fixos e eventuais, que participam como convidados conforme o assunto a ser abordado. O comitê se reúne todos os dias para analisar questões administrativas, assistenciais, de suprimentos, demandas de órgãos externos e de outras unidades hospitalares.

“Todos os colaboradores da Santa Casa têm acesso irrestrito ao Comitê, encaminhando dúvidas, demandas e tudo que for relacionado à doença, podendo também, caso seja de seu interesse, agendar participação na reunião. O Comitê se atualiza diariamente com todas as resoluções, orientações e normativas técnicas e clínicas referentes à pandemia, proporcionando embasamento, agilidade e dinamismo nas decisões”, ressalta a superintendente adjunta da Santa Casa e membro do comitê, Claudia Ribeiro.

Outra atuação importante, conforme a superintendente, foi o trabalho feito em conjunto com a assessoria de comunicação da Santa Casa, que desempenha um papel de extrema importância na divulgação, orientação e promoção das ações definidas pelo Comitê. Inclusive, para manter a população mais bem informada e levar esperança a todos, o Comitê de Enfrentamento à Covid- 19 mudou o boletim diário, que é divulgado pelas redes sociais da entidade. Além dos casos confirmados e óbitos pela doença, a Santa Casa incluiu informações a respeito do número de pacientes suspeitos internados que aguardam investigação, total de atendimentos realizados no setor de urgência, total de pacientes suspeitos na urgência durante a pandemia e total de altas hospitalares dos casos confirmados.

Além de Cláudia, são membros fixos do comitê o diretor clínico o Dr. Geraldo Antônio de Souza , a diretora médica técnica Dra. Eunice Dantas, a RT de enfermagem Mara Daldegan, a médica coordenadora do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) Dra. Simone Pifano, a coordenadora do laboratório de análises clínicas Thaciana Dutra e uma representante do Setor de Qualidade da Santa Casa.

Endereço: Avenida Rio Branco, 3.353, Passos
Telefone: 3229-2222
Site: www.santacasajf.org.br
Facebook: /SantaCasaJF
Instagram: @santacasajf





Desenvolvido por Grupo Emedia