Tópicos em alta: polícia / chuva

Já pensou em colocar seu cãozinho numa creche?

PUBLIEDITORIAL

Com um conceito diferenciado, a Top Dog proporciona bem-estar a diferentes cães, possibilitando que eles expressem os comportamentos naturais, sempre de maneira segura e controlada

Por Tribuna

02/12/2018 às 07h00

Gaia em seu primeiro dia de creche (Foto: Top Dog)

Gaia, uma vira-lata de pouco mais de 3 anos, comia tudo o que via pela frente: móveis, roupas, plantas e até parede. Latia em excesso e apresentava falta de confiança ao andar pela rua. Se enroscava na guia para não sair de perto de sua tutora. Outros dois fatores chamavam a atenção: ela apresentava queda acentuada de pelos e alteração do apetite. Em uma consulta ao veterinário, veio o diagnóstico: ansiedade. Apesar de viver em uma casa com espaço, Gaia passava a maior parte do tempo sozinha e isso a deixava estressada. Era preciso socializá-la. Foi assim que Gaia chegou até a creche para cães Top Dog.

Criada há quase dois anos, a creche canina trabalha, além da parte física e social, com o conceito de enriquecimento ambiental, que consiste em uma série de procedimentos que modificam o ambiente dos animais, promovendo a melhoria da qualidade de vida pela satisfação dos seus instintos naturais. É uma forma de gastar energia física e mental do cão e reconectá-lo com sua natureza. São realizadas atividades que promovem o aumento da autoestima e da autoconfiança do cachorro, diminuem o medo e a reatividade, proporcionam o desenvolvimento da parte cognitiva e estimulam os sentidos. Isso faz com que o animal fique muito mais equilibrado, calmo e feliz.

“Muitas vezes, o cão é tratado como se fosse um filho humano. Porém é importante que ele exerça todas as funções naturais de sua espécie. Caso contrário, pode passar a sofrer de ansiedade, reatividade por acúmulo de energia, sobrepeso, o que pode acarretar diabetes, problemas cardíacos ou outras patologias provenientes da vida ociosa”, diz a proprietária da Top Dog, Amaranta Vilanova, que, ao lado do marido e sócio, Rodrigo Rodrigues, se especializou por meio de vários cursos sobre cães em São Paulo.

Apaixonado por cachorros, o casal, tutor de três pets, ao decidir pelo negócio, foi atrás de um dos maiores especialistas em comportamento de cães do Brasil: Renato Zanetti, proprietário da Dog Solution, em São Paulo, uma referência em creche para cachorro no país. Com ele, Amaranta e Rodrigo aprenderam sobre o manejo de cães em grupo e todo o conceito de Day Care, com diversos cães livres em um único ambiente.

Rodrigo Rodrigues e Amaranta Vilanova, donos da Top Dog, se especialiaram em comportamento canino (Fotos: Leonardo Costa)

Na Top Dog, o pet chega cedo, participa de uma série de atividades, segundo um cronograma, e só volta para a casa à noite. Ele é incentivado a se socializar, correr, superar desafios, roer, dividir o brinquedo, farejar o ambiente e procurar alimento. “A ideia é estimular ao máximo os comportamentos naturais do cão. Nós reproduzimos algumas situações encontradas na natureza dentro do espaço da creche. São várias as possibilidades de atividades para este fim”, esclarece Amaranta.

“A Top Dog veio para oferecer aos tutores preocupados com o bem-estar do seu peludo a melhor estrutura em Day Care e uma equipe capacitada para entender e respeitar as necessidades individuais de cada cãozinho. No nosso espaço, todas as atividades são monitoradas. Somos a primeira creche de Juiz de Fora a oferecer, além dos estímulos físicos e recreacionais, as atividades de enriquecimento ambiental, que proporcionam ao cãozinho a possibilidade de exercer seus instintos naturais de diversas formas. Ao final do dia, o cãozinho volta para casa não só cansado fisicamente, mas com as necessidades supridas, a energia corretamente drenada e a mente equilibrada. Afinal, acreditamos que cão equilibrado é cão feliz”, diz Rodrigo.

A Top Dog funciona em uma casa com espaço verde, onde os cães ficam livres

Aula experimental

Para aqueles interessados, a Top Dog oferece uma aula experimental, sem custo, para que o cão conheça o espaço e os profissionais que vão trabalhar com ele. Neste dia, o pet passa por uma adaptação e uma avaliação comportamental para saber se está apto a frequentar o ambiente de Day Care. Depois disso, o tutor deve preencher uma ficha com informações sobre seu cão e definir junto aos profissionais quantos dias ele deve frequentar a creche. Alguns precisam ir duas, três vezes na semana, outros, só uma. “Tudo vai depender do comportamento do animal, do nível de energia e de estresse”, informa Rodrigo. Ele ressalta ainda a importância de trabalhar a confiança do cão. “No início, o animal pode ficar com receio de entrar, com medo de ser abandonado pelo tutor. Mas, com o passar dos dias, vai perceber que sempre haverá a volta para casa. Aliás, alguns gostam tanto que nem querem ir embora”, atesta Rodrigo.

Sala de descanso possui ar-condicionado e acomodações individuais

A Top Dog oferece dois tipos de serviço: a creche, que funciona de segunda a sexta, das 7h às 19h, e o serviço de hospedagem, com cães livres, todos os dias da semana. O centro de convivência possui espaços com terra, grama e cimento, além de área verde, e tem capacidade para receber até 50 animais, de variadas raças. Câmeras monitoram toda a movimentação no pátio e na sala de descanso. Para frequentar o local, é obrigatório que o pet esteja com o cartão de vacinas em dia, bem como os protocolos de vermifugação e antiparasitários em dia e não ser reativo a pessoas e outros cães. É importante ressaltar que os animais nunca ficam sozinhos, há sempre um profissional acompanhando e incentivando os acertos e corrigindo de forma adequada e no tempo certo os comportamentos indesejáveis.

caes-10 caes-20 caes-15 caes-14 caes-12 caes-2 caes-11 caes-9 cães-1 caes-3 caes-4 caes-16 caes-5 caes-6 caes-7 caes-8 caes-18 quarto-21 caes-19
<
>

Top Dog – creche para cães
Rua Doutor João Pinheiro, 350. Jardim Glória
Juiz de Fora
(32) 99109-5231

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail





Desenvolvido por Grupo Emedia