Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / chuva / blogs e colunas / obituário / polícia

Engenheiros Sem Fronteiras de JF arrecadam materiais de higiene para haitianos

ONG estendeu o prazo de coleta, que anteriormente iria até 23 de junho, até a próxima terça-feira

Por Tribuna

26/06/2018 às 12h21- Atualizada 26/06/2018 às 12h24

O núcleo de Juiz de Fora do movimento Engenheiros Sem Fronteiras estendeu o prazo de arrecadação de produtos de higiene que serão enviados ao Haiti. O prazo para doação dos materiais, que anteriormente iria até 23 de junho, vai até a próxima terça-feira (3). A iniciativa, promovida pela Organização Não-Governamental (ONG) Missão Continental Haiti e apoiada pelo núcleo juiz-forano do Engenheiros Sem Fronteiras, beneficiará pessoas em regiões carentes do país caribenho.

Após a finalização das doações, os itens arrecadados irão para a cidade de Bragança (SP), de onde serão enviados para a Associação São Francisco de Assis, situada em Porto Príncipe, capital do Haiti. Lá os materiais serão distribuídos para as áreas periféricas da cidade. Entre os produtos solicitados para doação estão detergente, escova de dente, esponja de banho, fio dental, papel higiênico, pasta de dente, sabão em pó, sabão em barra, sabonete e shampoo.

O conteúdo continua após o anúncio

A coleta é realizada nos seguintes pontos da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF): Code Empresa Júnior, Núcleo de Atendimento Social da Faculdade de Engenharia (Nasfe), GET – Engenharia de Produção, GET – Engenharia Ambiental e Sanitária, PET Civil, PET Elétrica e Equipe Capivara de Eficiência Energética.

O Engenheiros Sem Fronteiras é um movimento internacional que surgiu na França na década de 1980. No Brasil, a primeira sede se instalou em 2010, na cidade mineira de Viçosa e, desde então, teve adesão de mais de 60 núcleos. A organização conta com aproximadamente 1.500 voluntários no país e desenvolve projetos de educação, gestão e empreendedorismo, infraestrutura, sustentabilidade e engajamento social. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones (32) 99194-9425 ou (32) 99999-2619.



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Desenvolvido por Grupo Emedia