Tópicos em alta: eleições 2022 / coronavírus / vacina / polícia / obituário

Salve Jorge!

Um dos mais antigos bares do São Pedro está na segunda geração da família, mantendo a tradição de botequim

Por Butecos de JF

04/11/2021 às 00h12 - Atualizada 04/11/2021 às 00h12

Acredito que o Bar do Jorge tenha sido, junto com o Bar do Bené, os precursores dos botequins no Bairro São Pedro, na Cidade Alta. Se não, certamente são os mais longevos naquela localidade.
Inicialmente situado na Rua José Lourenço Kelmer, quando foi inaugurado lá em 1978, permaneceu por 16 anos firme e forte naquele endereço até se mudar para um novo espaço, logo em frente ao antigo. Isso aconteceu em 1994, e desde então ele permanece na Rua Pedro Henrique Krambeck 216. Para você se situar, o bar fica próximo ao trevo do posto, logo na chegada do Bairro São Pedro, naquele entroncamento com a inacabável BR-440. Chegue sem pressa, desvie daquelas incontáveis barreiras plásticas laranjas e o bar estará a sua direita. É fácil achar.

O conteúdo continua após o anúncio

Bom para petiscar

Seja em qual endereço estivesse, o que nunca faltou por lá, conforme me contou o proprietário Douglas Delgado, é a “famosa costelinha ao vinho”, que figurava assim na antiga placa do bar. Ela é criação do saudoso Jorge, pai do Douglas, que nos deixou há dez anos, mas passou a tradição e as receitas para a esposa, Dona Graça, e também para o filho, que segue tocando o botequim com a memória e os temperos de outrora.
Não só a costelinha, mas caldos, moelinha e tantos outros pratos ainda figuram no cardápio do bar, afinal, quem é cliente de uma casa tão tradicional e há tanto tempo não abre mão do que é bom, não é verdade? E pra melhorar ainda mais as opções de tira-gostos, e colocar seu toque nos petiscos, o Douglas criou um torresmão assado que, hoje em dia, é uma das principais atrações do Bar do Jorge, levando gente de toda JF para a Cidade Alta.


Ele acertou em cheio nessa receita, e também acertou em fazer uma grande reforma no espaço, atualizando o ambiente, mas sem perder a essência. O espaço é agradável e todo decorado, contando com as clássicas prateleiras apinhadas de garrafas, freezers abarrotados de cerveja e com termômetros sempre abaixo de zero, estufa recheada de petiscos e muitos clientes novos e antigos frequentando o Bar do Jorge e aproveitando tudo que há por lá, incluindo aí o bom atendimento e descontração de um bom botequim.
São muitas as opções de petiscos e bebidas boas, e se eu for escrever tudo aqui não caberia numa única coluna. Então, fica a dica: siga as redes sociais do bar para babar nas fotos dos petiscos e, melhor ainda, visite o lugar e aproveite tudo que este autêntico botequim tem para nos oferecer! Vamos juntos?!

Rua Pedro Henrique Krambeck 216 – São Pedro
WhatsApp: (32) 98871-7429
Instagram: @bardojorge.jf
Dias e Horários: seg, qua, qui de 15 a 23h; sex de 15 a 0h, sab de 11 às 23h

Butecos de JF

Butecos de JF

Airton Soares é gestor público por formação acadêmica mas, por opção e gosto, é conhecido como apreciador da cozinha de raiz, com experiência comprovada e acumulada na cintura. Já foi jurado do Comida di Buteco, é colunista do Tribuna de Minas, tem programa na rádio Transamérica JF e é dono da fanpage @butecosdejf, onde conta com mais de 100 mil seguidores que acompanham as dicas e comentários sobre comidas, bebidas e bares desse rotundo entusiasta da culinária simples e saborosa, segundo ele, a mais gostosa de todas!

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia