Universidades mineiras se destacam em ranking nacional de pedidos de patente

Cinco universidades públicas de Minas Gerais lideram o ranking de pedidos protocolados em 2016

Por Tribuna

16/08/2017 às 06h00

As universidades federais de Minas Gerais (UFMG), Uberlândia (UFU), Itajubá (Unifei), Viçosa (UFV) e São João Del-Rei (UFSJ) foram apontadas como algumas das instituições que mais contribuem com a inovação no país, de acordo com o relatório do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). Segundo o Ranking dos Depositantes Residentes de Patentes de Invenção, produzido pelo instituto, a UFMG está em primeiro lugar, com 70 depósitos concluídos em 2016. A UFU ocupa a 19ª colocação, seguida da Unifei (20°) e da UFV (24°). A UFSJ ocupa a 40ª posição, com 12 pedidos protocolados em 2016. A lista conta com mais de cinco mil depositantes.

Na UFSJ, o Núcleo de Empreendedorismo e Inovação Tecnológica (Netec) é o órgão institucional responsável pela gestão da política de inovação tecnológica. Suas atribuições envolvem o levantamento de potencial para o desenvolvimento de inovação tecnológica pelos pesquisadores; identificação das demandas do mercado, de instituições parceiras e empresas investidoras; análise de novidade e de industriabilidade; proteção da propriedade intelectual, entre outras.

O núcleo também promove parcerias, atuando na negociação das condições de contratação, na definição da participação da UFSJ nos ganhos econômicos sobre o licenciamento da tecnologia a terceiros e na concessão de bolsa de estímulo à inovação custeada pela empresa parceira, fazendo constar todas as condições em contratos e convênios.

O conteúdo continua após o anúncio

Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia