Tópicos em alta: eleições 2022 / coronavírus / vacina / polícia / obituário

O desenvolvimento econômico da cidade


Por Carlos H. Rezende, funcionário público e morador de Juiz de Fora

16/01/2022 às 07h00

Foi muito importante a entrevista da nossa prefeita, destacando como prioridade o desenvolvimento econômico da cidade. Acredito que tudo que for feito para gerar emprego e renda na cidade é bem vindo.

Desde pequenas até grandes empresas, todas são muito importantes. Posso exemplicar o caso da maior fabricante de massas e biscoitos do Brasil, a M. Dias Branco (dona da Adria, da Piraquê e outras), que estava prestes a fazer um investimento bilionário na cidade, onde faria um moinho e uma fábrica, gerando milhares de empregos, e o projeto está parado, mas o terreno já pertence à empresa, nas margens da BR-040. Não seria interessante uma força-tarefa, feita por órgãos públicos, Associação Industrial e Comercial e sociedade civil em geral?

Existe na cidade uma lei de incentivo para empresas de telemarketing. Hoje já existem algumas, gerando muitos empregos, mas existem muitas outras que poderiam aproveitar esse incentivo e se instalar na cidade. Seria importante também um marketing da cidade nos grandes centros econômicos do Brasil, divulgando as potencialidades de Juiz de Fora, como mão de obra qualificada, localização, qualidade de vida e outros.

O conteúdo continua após o anúncio

É necessário um incentivo para que as empresas de todos os setores expandam seus negócios e para que o empresariado local e a sociedade em geral opinem com ideias para atração de investimentos em todas as áreas, sempre prestigiando o setor de eventos (feiras, shows, exposições) e turismo.

Para a construção civil, que é sempre muito importante, e a cada dia mais atuante na cidade e região. Para o setor de saúde, que é referência a nível regional, e, quem sabe, a nível nacional ou internacional, buscando novos parceiros e investidores. Para o setor de tecnologia, já que temos muita mão de obra de qualidade.

Não devemos reclamar do “leite derramado”, do que não foi feito, pois temos um futuro promissor pela frente. Temos uma cidade linda, mão de obra de primeira linha, localização privilegiada e um povo trabalhador. Todo tipo de investimento que vier para a cidade, tanto pequeno, médio ou grande, é importante, gerando emprego e renda.

Os nossos jovens estão indo embora por falta de oportunidade. Mas o Poder Público, as forças empresariais e a sociedade em geral podem mudar essa situação. Dias melhores teremos pela frente.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia