Tópicos em alta: cartas a jf / sergio moro / dengue / polícia

Feliz Ano Novo! De novo!

Por Elinete Rejane da Silva, especialista em desenvolvimento humano e mestre em qualidade total

04/01/2019 às 07h00- Atualizada 04/01/2019 às 07h33

Hoje, para escrever sobre Ano Novo, me inspirei na fala de alguns autores que sabiamente nos dizem muito sobre a vida.

Começo com Carlos Drummond Andrade, que nos chama a atenção para a necessidade de vivermos um ano novo que mereça esse nome. Para isso, temos que merecê-lo, temos que fazê-lo novo. Não é fácil, mas ele nos motiva a tentar e experimentar de uma forma consciente. Porque para ele “É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre”.

Sempre é tempo de começar, ou recomeçar, como Drummond diz bem em seu poema de mesmo nome: “Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo, é renovar as esperanças na vida e o mais importante, acreditar em você de novo.” Acreditar que podemos fazer algo novo é muito estimulante e recarrega as nossas energias.

O conteúdo continua após o anúncio

Para Érico Veríssimo, a vida começa todos os dias, e, segundo ele, quando vivemos fazendo de cada dia único e especial, somos felizes todos os dias. A cada dia que se inicia é uma oportunidade que temos para fazer algo positivo na nossa vida. O formidável é começar a olhar para nossa rotina e ver que somos capazes de alterá-la, para que ela trabalhe a favor da nossa qualidade de vida. Do que adianta a facilidade que a internet proporciona, quando fazemos uma compra ou aperfeiçoamos nossos processos de trabalho, se o tempo que ganhamos não é usado para melhorar a nossa saúde mental, física e social, e principalmente o nosso relacionamento com o outro.

Gandhi faleceu em 1948, mas tem uma frase bem atual. Ele dizia que a vida merece algo além do aumento da sua velocidade. Deixo aqui uma reflexão: será que fazer algo novo é aumentar a nossa carga de atividades ou é saber definir o que é prioridade na nossa vida? Como é bom ter qualidade de vida, ser livre para escolher o que nos faz bem. Será que isto é privilégio de poucos ou podemos adequar as exigências do dia a dia ao nosso bem-estar?

Desejo a todos um Feliz Dia Novo no Novo Ano, porque, de novo, através de um marco que é cultural, nos é dada a oportunidade de nos motivar para melhorar a nossa vida.

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia