Tópicos em alta: sergio moro / dengue / polícia / reforma da previdência / bolsonaro

Em nova operação, PRF apreende mais de 400 quilos de maconha

Drogas foram encontradas em uma caminhonete com placa de Maringá (PR), que seguia para Juiz de Fora

Por Tribuna

11/07/2019 às 08h15- Atualizada 11/07/2019 às 08h16

Uma nova operação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) acarretou na apreensão de 423,9 quilos de maconha na noite desta quarta-feira (10), em Lima Duarte. A droga foi encontrada em uma caminhonete com placa de Maringá (PR), que seguia a Juiz de Fora. Um homem de 32 anos, que conduzia o veículo, foi preso por tráfico de drogas. Na última segunda-feira (8), a corporação já havia apreendido 600 tabletes de maconha, totalizando 486,9 quilos, em um caminhão que supostamente transportava verduras e estava estacionado em uma propriedade rural, às margens da BR-267.

De acordo com informações da PRF, o veículo foi abordado por volta das 19h30, no km 163 da BR-267. O condutor da caminhonete seria um garçom, natural de Umuarama (PR). Ao fiscalizar a carga transportada, os policiais encontraram tabletes de maconha dentro de duas sapateiras. A droga ainda foi encontrada nas laterais e fundos da caçamba e da tampa traseira do veículo, sob a forração plástica. Além disso, em uma bolsa no interior da cabine, havia mais um tablete de maconha.

O conteúdo continua após o anúncio

Ainda segundo a PRF, o autor informou que teria sido contratado para pegar o veículo em Altônia (PR), para entregá-lo em Juiz de Fora. O suspeito não soube informar o local, afirmando que alguém faria contato para passar as orientações. Ele iria receber R$ 4 mil pelo serviço.

O homem foi conduzido para a sede da Polícia Federal, em Juiz de Fora. A operação ocorreu em conjunto com os grupos táticos da PRF das delegacias de Juiz de Fora e de Petrópolis (RJ).

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia